Vasco

Vasco

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

ALMIRANTE VAI A FESTAS NO PLANALTO



Bsmarck, em 1992, quando o Vasco mandou 3 x 2
O time cruzmaltino já enfrentou o selecionado candango em duas oportunidades, nos 21 de abril: em 1961 e em 1992.
Da primeira vez, empatou, por 1 x 1, com uma festa marcando a despedida dos gramados de Zizinho – Thomaz Soares da Silva –, o maior craque brasileiro, antes de Pelé, de quem fora ídolo. Com entrada franca, no Estádio Vasco Viana de Andrade, na Metropolitana. Saulzinho, de cabeça, aos 43 minutos do primeiro tempo, marcou o gol do Vasco – aos 15 minutos, Arnaldo Gomes havia aberto o placar.
O árbitro arioca Amílcar Ferreira esteve auxiliado por Moacir Siqueira e Jorge Cardoso, ambos do DF, e o Vasco alinhou: Ita; Paulinho de Almeida, Brito e Coronel (Russo); Écio (Laerte) e Barbosinha; Sabará (Joãozinho), Javan, Saulzinho, Lorico (Roberto Pinto) e Da Silva. A Seleção Brasiliense teve: Matil; Jair, Edílson Braga e Enes; Sabará (Reinaldo), Matarazo e Bimba; Ubaldo (Invasão), Capela (Zizinho), Ely (Ceninho), Beto (Zezito) e Arnaldo.
SEGUNDA VEZ - Vitoria vascaína, por 3 x 2, no Estádio Mané Garrincha, novamente, sofrendo o primeiro gol. Aos 38 minutos do primeiro tempo, o zagueiro Zinha atacou e lançou Ézio, que cruzou, para Nunes marcar. O empate saiu aos 16 minutos da segunda fase. Flávio cruzou, da esquerda, a defesa candanga ficou parada e Bismarck cabeceou, para empatar. Dois minutos depois, Edmundo virou o placar. Recebeu uma esticada de bola, lançada pelo meio-de-campo, e encobriu o goleiro. Aos 26, a defesa vascaína bobeou. Marco Antônio Paraíba cobrou falta, da direita, e Arthur cabeceou, "reigualando" o marcador. Finalmente, aos 33, Luís Carlos Winck cobrou falta, pela direita, houve bate-e-rebate dentro da área, do que se aproveitou Bismarck, para fechar a conta: Vasco 3 x 2.
O Vasco jogou com: Régis; Luís Carlos Winck, Sidnei (Tinho), Jorge Luís (Dedé) e Eduardo "Cachaça"; Luisinho, Flávio (Edson Sousa) e Bebeto; Bismarck, Edmundo e Macula. A Seleção Brasiliense foi: Marco Antônio (Cláudio); Chaguinha, Zinha, Jânio (Régis) e Chiquinho; Paulo Lima, Josimar (Renato) e Ézio (Marco Antônio Paraíba); Antunes (Gil), Nunes e Serginho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário