Vasco

Vasco

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

ALMIRANTE X HERMANOS EM BRASILIA

Vasco 2 x 2 Boca Juniors foi jogo vascaíno em Brasília, em 29 de julho de 2001, no Estádio Mané Garrincha, pelo Grupo A da Copa Mercosul – atual Copa Sul-Americana –, que tinha, ainda, a Universidad Católica, do Chile, e o Cerro Porteño, do Paraguai.
O Vasco começou a partida fustigando 'los hermanos', em jogadas com Euller e o meia Pedrinho. O gol de abertura do placar saiu de falta batida por Pedrinho, mandando 'la pelota' para o canto esquerdo da meta de Abbondanciere. O empate saiu, também, em cobrança de falta. Perez, que substituía o craque do time, Riquelme, acertou o ângulo superior direito da baliza de Helton.
Na etapa final, o Boca melhor sua colocação em campo e equilibrou as ofensivas. Euller seguia como melhor opção de ataque carioca, mas seus bons cruzamentos eram, seguidamente, desperdiçados. Como castigo, aos 13 minutos, Schelotto escapou, pela esquerda, cruzou bola na área vascaína. Perez entrou livre e virou: Boca 2 x 1. No entanto, a inferioridade cruzmaltina nas redes só demorou seis minutos. Aos 19, Patrício recebeu a bola, na entrada da área, e bateu rasteiro, fechando o placar nos 2 x 2. No último minuto, Euller, na cara do gol, bateu de virada, por cima do travessão, perdendo a chance de dar a vitória ao Vasco.
A partida foi apitada pelo paraguaio Epifânio Gonzalez, numa tarde de domingo e assistido por 20.206 pagantes. O Vasco formou com: Hélton; Patrício, Odvan, Alexandre Torres e Gilberto; Jorginho, William, Pedrinho e Juninho Paulista; Euller e Romário. Técnico: Joel Santana. O Boca Juniros foi: Abbondancieri.; Martinez, Barbosa, Burdisso e Rodriguez; Battaglia, Serna, Traverso e Perez; Schelotto (Carreño) e Delgado (Gimenez). Técnico: Carlos Bianchi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário