Vasco

Vasco

domingo, 1 de novembro de 2015

FERAS DA COLINA - MARTA VIEIRA

Marata Vieira da Silva, atacante,  profissionalizou-se pelo Vasco da Gama, em 2000. O "Almirante" abriu o espaço para garota pobre do sertão alagoano partisse para escrever a sua bela história nos gamados.
Em  Dois Riachos, onde nasceu, em 19 de fevereiro de 1986, na terra da morena, mulher jogar futebol era irrecomendável. Imagine uma menina de sete anos, correndo atrás de bola, no leito seco de um rio, debaixo de uma ponte! Sem falar que a década de 1990 dava pouco valor às danadas. Por isso, Marta Vieira da Silva levou surras do Zé, irmão mais velho, que não queria saber se nenhum homem de sua cidade jogar melhor do que a sua irmã.
Dona Teresinha, a mãe, também se preocupava com as predileções da filha, que jogou, também, futebol de salão. Mas Julio Freitas, o Tota, dava força à menina, que foi fazer testes no Vasco, com 14 anos de idade. Aprovada em uma peneira, destacou-se logo e chegou até a seleção brasileira de base. Ficou por São Januário, morando no clube, até os 18 anos. O restante da história todo vascaíno sabe. Marta rodou o mundo e já foi eleita a melhor dele em cinco oportunidades: 2006/7/8/9/10. Também, foi a segunda, em 2005, e terceira, em 2004. (foto reproduzida da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro). Agradecimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário