Vasco

Vasco

domingo, 5 de março de 2017

HISTORI&LENDAS DA COLINA - SYRIO

18.03.1926 - O Vasco goleou o Syrio, por 6 x 1, pelo Campeonato Carioca de Segundos Quadros, na Rua Figueira de Melo, com tentos de Negrito, Pires, Godoy, Medina, Álvaro e Jacques. O Vasco teve: Arlindo, Zé Manoel e Cláudio; Sylvio, Rainha e Abreu; Bahianinho, Pires, Godoy, Negrito e Patricio. O Syrio foi: Jarbas, Scott e Heitor, Jacques, Adolpho e Jurandyr (Euclydes), Aprígio,Medina, Gentil, Álvaro e Arnaldo (Rogério).
 
31 de março de 1928 – O Vasco enfrentou o uruguaio Montevideo Wanderers, inaugurando as arquibancadas atrás de uma das balizas e os refletores do estádio de São Januário. Venceu, por 1 x 0, com um gol olímpico, marcado por Sant'Anna, no segundo tempo. Torcedores vascaínos fanáticos dizem que foi o primeiro do mundo. Lenda! Pode ter sido o primeiro no Brasil, pois, em 2 de outubro de 1924, em Argentina 2 x 1 Uruguai, o argentino Onzari já havia marcado o gol batizado por “olímpico”, um sarro nos uruguaios que, em junho, conquistaram,  na França, a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos. Vascaínos fanáticos dizem, também, que em Vasco 1 x 0 Wanderers, ocorreu o primeiro jogo sob luz artificial no Brasil. Outra lenda. A primazia é dos desportistas da cidade gaúcha de Pelotas que, em 25 de dezembro de 1915, promoveram um amistoso noturno entre União x Brasil. E mais: em 1914, o Villa Izabel-RJ dispuara dois jogos à noite, iluminados por faróis de bondes estacionados ao lado do muro de seu campo, no Jardim Zoológico.

01.08.2007 - Roberto Dinamite tomava posse como primeiro ex-atleta presidente do Vasco. Vencera Amadeu Pinto da Rocha, candidato de Eurico Miranda, encerrando período de mais de 20 anos de domínio dos “euriquistas”, pelo placar de 140 x 103. “Joguei 20 anos pelo Vasco...O Vasco tem que ser uma equipe campeã, não só em campo. Também fora...Era a vontade dos torcedores de todo o Brasil...A vitória não é só minha. É uma conquista da nossa chapa, que representa de 10 a 20 milhões de torcedores”, discursou Roberto, após a vitória que já era clara pouco antes de 1h da manhã, quando a chapa dele vencera a eleição para o Conselho Deliberativo, por 146 a113.

20.06.1982 - Vasco 1 x 1 Portuguesa de Desportos. Vanderlei Luxemburgo, em início de carreira, apadrinhado e substituindo Antônio Lopes, dirige o time cruzmaltino. A Lusa do Canindé entra na história vascaína tendo sido, também, o time do qual Roberto Dinamite vestiu a camisa para enfrentar a rapaziada da Colina, pela primeira vez: em 21 de outubro de 1989.

26.10.1992 - Último gol do Dinamite, pelo Vasco, no 1 x 0 sobre o Goytacaz, pelo Estadual-RJ, em São Januário. Por adversários, foi assim que o Dinamite esvaziou o seu "saco de maldades": Fluminense 43 gols; América 30; Botafogo 28; Americano 27; Bangu 27; Flamengo 27; Goytacaz 22; Portuguesa 22; Bonsucesso 19; Campo Grande 18; Olaria 14; São Cristóvão 14; Madureira 12; Internacional 11; Corinthians 10; Volta Redonda 10; Operário 8; Vitória 8; Santos 7; Grêmio 7 e Goiânia 7.
 
30.09.1924 - O confronto Vasco x “Bonsuça” regista 79 vitórias vascaínas e só 12 do velho rival, desde o primeiro confronto, na data acima, quando a moçada venceu, por 1 x 0. O maior escore cruzmaltino foi por 10 x 0, em 21 de maio de 1944.

Nenhum comentário:

Postar um comentário