Vasco

Vasco

domingo, 19 de março de 2017

VASCO DA GAMA 0 X 0 X BOTAFOGO

 Finalistas das duas últimas edições do Estadual-RJ, Vasco e Botafogo saíram de campo, hoje, com um placar que não foi bom par nenhum dos dois. O jogo rolou no Estádio Nilton Santos e valeu pela segunda rodada da Taça Rio. Com o pontinho conquistado, a moçada está em terceiro lugar no Grupo C. Na quarta-feira, o time encara o Madureira, a partir das 19h30, em São Januário. Na primeira rodada, os vascaínos empataram, por 2 x 2, com o Macaé, que havia perdido as cinco partidas disputadas pela Taça Guanabara.
Ainda não foi desta vez que saiu o primeiro gol vascaíno
de Luís Fabiano
Com mais este pega,  Vasco e Botafogo atingiram 330 encontros, com 142 vitórias cruzmaltinas, 100 empates e 88 triunfos dos alvinegros. Além disso, o "Almirante" está há quatro anos sem perder dos botafoguenses, desde agosto de 2013.
Em dez pegas, são cinco vitórias vascaínas e cinco empates. Hoje, a "Turma da Colina" foi comandada, interinamente, pelo ex-atacante Valdir  "Bigode", que era auxiliar técnico do demitido Cristóvão Borges, que caiu após ser eliminado da Copa do Brasil, pelo Vitória-BA, na última quinta-feria.
FICHA TÉCNICA – 19.03.2017 (domingo) - VASCO 0 X 0 BOTAFOGO. 2ª rodada da Taça Rio. Estádio: Nilton Santos-RJ. Árbitro: Grazianni Maciel Rocha. Público presente: 9.345. Pagantes: 8.088. Renda: 245.580,00. VASCO: Martin Silva; Gilberto (Ederson), Jomar, Rafael Marques e Henrique; Jean, Douglas, Andrezinho, Evander (Yago Pikachu) e Nenê (Thalles); Luis Fabiano. Técnico: Valdir "Bigode" (interino). BOTAFOGO: Gatito Fernández; Marcinho, Joel Carli, Emerson Silva e Victor Luis; Airton (João Paulo), Bruno Silva, Camilo (Rodrigo Pimpão) e Montillo; Guilherme (Sassá) e Roger. Técnico: Jair Ventura

NOVO COMANDANTE - Após a partida, o presidente vascaíno, Eurico Miranda, anunciou Milton Mendes como o novo chefe da rapaziada e que será apresentado, hoje, à imprensa. Ele defendeu as equipes sub-20 e o time profissional do Vasco, é catarinense e esteve na Colina entre 1984 e 1987, tendo disputado  26 partidas na época que o grande ídolo do time era Romário.
Milton Mendes, como atleta, foi campeão pelos times A
e júnior vascaínos. Jogou com Romário.
Mílton Mendes jogou, também, por equipes europeias e chega a São Januário levando o auxiliar-técnico Ednelson Silva e o preparador físico Flávio Trevisan. Aos 51 anos, Milton Mendes cursou os quatro níveis completos do curso para treinadores  promovido pela União Europeia de Futebol, a UE|FA, podendo trabalhar em qualquer clube do planeta. "Tenho uma história no Vasco. Fui seu atleta e conquistei títulos pelos times A e júnior. Estou motivado por voltar a um lugar onde fui feliz como jogador", disse ao site oficial do clube www.crvascodagama.com.br.
Campeão da Copa do Nordeste e do Campeonato Pernambucano, pelo Santa Cruz-2016, Milton Mendes iniciou a carreira de treinador no início dos anos 2000, em Portugal, treinando o Machico, o Bom Sucesso e o Marítimo. Trabalhou, também, em duas equipes do Katar, antes da primeira experiência no Brasil, em 2014, no Paraná. A Ferroviária-SP, o Atlético-PR e o Kashiwa Reysol-JAP foram outros clubes que Milton comandou.
De sua parte, Valdir "Bigode", que foi tricampeão estadual e bi como auxiliar técnico pelo Vasco. disse: "Fui jogador vascaíno, por muitos anos. Foi uma boa chance. Se a gente tivesse vencido, teria seria brilhante. Já trabalhei em equipes pequenas e fiz trabalhos legais, mas precisa de algo grande. Acho que me saí em um bom nível", entende.
 
OBS: as fotos de Luís Fabiano e de Valdir "Bigode" foram reproduzidas de www.crvascodgama.com.br, o site oficial do Club de Regatas Vasco da Gama, com clics de Paulo Fernandes. A de Milton Mendes, o site vascaíno credita a Gustavo Oliveira, de www.atleticoparnaense.com.br. Agradecimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário