Vasco

Vasco

sexta-feira, 17 de março de 2017

HISTORI&LENDAS DA COLINA - EXPRESSÃO

1 - O "Almirante" viajou a bordo do “Expresso da Vitória" para o bi do Campeonato Carioca-1950, com passagem categoria “invencível”. Em 1949, não tivera adversários, no auge da máquina que produzira 18 vitórias, em 20 jogos, mandando 84 bolas nas redes. Ainda é a melhor campanha de um Estadual-RJ na era do futebol profissional.

2 - Em 1950, o Vasco era mais da metade da Seleção Brasileira, cedendo o treinador Flávio Costa e os atletas  Barbosa, Augusto,  Ely do Amparo, Danilo, Alfredo II, Maneca, Ademir Menezes e Chico Aramburu. E só não cedeu Tesourinha para a Copa do Mundo porque machucou-se pouco antes. Mesmo tão forte e muito superior aos outros,  a equipe vascaína  fez um primeiro turno decepcionante, perdendo três partidas. Mas colocou a casa em ordem no returno, vencendo todas, embora só subindo à ponta na penúltima rodada. Totalizou 32 pontos, contra 31 do América, o adversário da rodada final, já no ano seguinte.
 
3 - O Vasco venceu os americanos, em 28 de janeiro de 1951, por 2 x 1, tornando-se o primeiro campeão estadual carioca da "Era Maracanã". Fora o  quarto título do “Expresso da Vitória”, em seis temporadas, naquela marcando 74 gols e ficando com um assombroso saldo de 53. Ademir Menezes  abriu o placar, aos 4 minutos. O “Diabo” empatou, com Maneco, aos 40. Aos 29 do segundo tempo, Ademir marcou o tento da vitória. O juiz foi José Carlos de Oliveira Monteiro, o “Tijolo”, que expulsou de campo, aos 43 minutos, os vascaínos Ely e Laerte, e os americanos Osmar e Godofredo. O Vasco formou com: Barbosa, Augusto e Laerte; Ely, Danilo e Jorge; Alfredo, Ipojucan, Ademir, Maneca e Djair.

4 - Além de campeão, o Vasco ainda teve o artilheiro do Campeonato Caroioca-1950, , Ademir, com 25 gols. Ele participou de 19 dos 20 jogos, o mesmo numero de Barbosa, de Ely e de Maneca, só ficando atrás de Augusto, de Danilo e de Jorge, que atuaram em todos – os demais participantes dos jogos foram: Djayr (16), Ipojucan (14), Alfredo (13), Wilson (10), Laerte (9), Tesourinha (7), Lima (6), Jansen (3), Chico (2), Álvaro, Ernâni, Sampaio e Vasconcellos (1).      
 
5 -  Conta-se que durante o intervalo, Ipojucan reclamava de falta de ar e não queria voltar a campo. Achando que não era verdade, o técnico Flávio Costa cobriu-lhe de tapas, avisando-o: “Você volta de qualquer jeito”.  Para Flávio, não fora agressão, só “duas bofetadas terapêuticas”. Que fizeram efeito. Mesmo escondido pela ponta-direita, no segundo tempo, Ipojucan fez o passe para o segundo gol de Ademir.

6 - O  Vasco foi o campeão carioca da temporada de 1950, com 34 pontos, em 20 jogos. Marcou 74 gols e sofreu 21, o que lhe deixou com o saldo de 53 nas 17 vitórias e três derrotas, o equivalente a 85% de aproveitamento.

7 - Placares e goleadores da campanha estadual de 1950:  20.08.1950 – 6 x 0 São Cristóvão ( Maneca (2), Ipojucan (2), Ademir e Lima); 27.08 – 3 x 2 Bangu (Ademir (2) e Tesourinha); 03.09 – 2 x 3 América (Maneca e Ademir); 10.09 – Vasco 4 x 0 Bonsucesso (Ademir (3) e Maneca); 17.09 – 3 x 1 Olaria (Ipojucan (2) e Lima); 24.09 – 2 x 1 Flamengo (Ademir e Alfredo II); 01.10 – 1 x 2 Fluminense (Ipojucan); 08.10 – 0 x 1 Botafogo; 15.10 – 9 x 1 Madureira (Djayr (4), Ademir (2), Álvaro (2) e Maneca; 22.10 – 7 x 0 Canto do Rio (Ademir (2) Djayr (2), Jansen, Maneca e Tesourinha; 29.10 – 5 x 1 São Cristóvão ( Djayr (3), Ademir e Tesourinha); 05.11 – 3 x 2 Madureira (Ademir (2) e Djayr); 19.11 – 4 x 0 Olaria (Ademir (3) e Alfredo II); 26.11 – 4 x 1 Flamengo (Ipojucan (3) e Alfredo II); 10.12 – 7 x 2 Bonsucesso (Ademir (3), Djayr (3) e Maneca); 17.12 – 4 x 2 Canto do Rio (Maneca (4); 31.12 – 2 x 1 Bangu ( Ipojucan e Maneca); 06.01-1951 – 4 x 0 Fluminense (Ipojucan (3) e Ademir); 14.01 – 2 x 0 Botafogo ( Maneca e Ademir); 28.01.1951 0 2 x 1 América (Ademir (2).
 
8 - Além de Ademir Menezes, com seus 25 gols, os outros “matadores” foram: Djayr e Maneca (13), Ipojucan (12), Alfredo e Tesourinha (3), Álvaro e Lima (2) e Jansen (1).

9 - Vasco X Fluminense, entre 200 a 2015, tem 16 vitórias cruzmaltinas, 5 tricoloras e 10 empates:  Confira: 02.04.2000 – Vasco 3 x 2; 21.05.2000 – Vasco 0 x 1; 11.02.2001 – Vasco 2 x 0;  15.04.2001 – Vasco 3 x 3; 07.03.2002 - Vasco 2 x 2; 15.05.2002- Vasco 1 x 0; 02.02.2003 – Vasco 2 x 2; 19.03.2003 – Vasco 2 x 1; 23.03.2003 – Vasco 2 x 1; 07.03.2004 – Vasco 4 x 0; 04.04 – 2004 – Vasco 2 x 1; 27.02.2005 – Vasco 2 x 1; 26.03.2005 – Vasco 1 x 1; 05.03.2006 – Vasco 2 x 2; 17.02.20076 – Vasco 4 x 4; 23.03.2008 – Vasco 1 x 2; 08.02.2009 – Vasco 0 x 0; 13.02.2010 -  0 x 0 e 28.03.2010 – Vasco 3 x 0; 22.08.2020 – Vasco 2 x 2; 07.11.2010 – Vasco 0 x 1; 27.03.2011 – 0 x 0; 21.08.2011 – 1 x 1; 27.11.2011 – Vasco 2 x 1; 12.02.2012 – Vasco 2 x 1; 26.02.2012 – Vasco 1 x 3; 25.08.2012 – Vasco 1 x 2; 09.02.2013 – 1 X 1; 02.03.2013 – Vasco 3 x 2; 21.07.2013 – Vasco 3 x 1; 09.10.2013 – Vasco 1 x 0; 16.03.2014 – 1 x 1; 27.03.2014 – 1 x 1; 22.02.2015 - Vasco 1 x 0; 19.07.2015- Vasco 2 x 1. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário