Vasco

Vasco

domingo, 16 de abril de 2017

VASCO DA GAMA 2 X 0 BOTAFOGO

Chocolate no fogo, ou bacalhau na brasa?  Escolha o seu cardápio do domingo de páscoa. Criada, em 1982, a Taça Rio foi carregada, hoje, novamente, pela "Turma da Colina" e pela 10ª vez: 1984/88/92/93/95/98/99/2001/2003/2004/17. A disputa, que não houve, em 2004/05, no entanto, não tem nenhuma influência para a decisão do Campeonato Estadual, que terá o Vasco disputando uma eliminatória, no sábado que vem, contra o Fluminense.
 No clássico de hoje, o "Almirante" só foi mexer no placar perto do final, por intermédio de Douglas e de Luís Fabiano, que marcou, finalmente, o seu primeiro tento vascaíno e o 399 da carreira.
 O gol de Douglas saiu aos 42 minutos, durante cobrança de escanteio. Nenê  cobrou, da direita do ataque vascaíno, a defesa botafoguense vacilou, a bola sobrada na frente do arco para o apoiador manda-la, sem chance de defesa, para o goleiro do time da estrela solitária. Dois minutos depois, em contra-ataque, Manga Escobar. livre, pela esquerda, progrediu, sem marcação no rumo da área alvinegra, viu "O Fabuloso" livre, fez-lhe o passe e este bateu na rede, aos 47.
Douglas, fotografado por Paulo Fernandes, de www.crvascodagama.com.br
começou a fazer, hoje, o garoto do placar trabalhar
 
Em 327 encontros, esta foi a 144ª vitória vascaína sobre o rival, que não escalou os seus titulares, hoje, porque estes estão foras do país, aguardando partida pela Taã Libertadores.
CONFIRA A FICHA TÉCNICA –  15.04.2017 (domingo de páscoa) - VASCO  2 X 0 BOTAFOGO. Finalíssima da Taça Rio. Estádio: Nilton Santos-RJ. Juiz: Bruno Arleu de Araújo. Público presente: 20.469. Pagantes: 17.969. Renda: R$ 532.900,00. , aios  4 min do 2º tempo. Expulsão de campo: Marcelo, do Botafogo. VASCO: Martín Silva; Gilberto, Rafael Marques, Rodrigo e Henrique (Wagner); Jean, Douglas Luiz, Andrezinho (Guilherme), Yago Pikachu (Manga) e Nenê; Luis Fabiano. Técnico: Milton Mendes. BOTAFOGO: Helton Leite; Marcelo, Renan Fonseca, Igor Rabello e Gilson; Bruno Silva, Dudu Cearense, Matheus Fernandes e Leandrinho (Pachu); Guilherme (Fernandes) e Sassá. Técnico: Jair Ventura. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário