Vasco

Vasco

segunda-feira, 17 de abril de 2017

VASCO DAS CAPAS - VÁLTER MARCIANO

O meia Válter foi campeão carioca-1956, um dos destaques do time treinado por Martim Francisco, que  mandava ao gamado esta base: Carlos Alberto Cavalheiro; Paulinho de Almeida, Bellini e Coronel; Laerte e Orlando; Sabará, Livinho, Vavá, Válter e Pinga.                                             Com esta rapaziada, o caneco foi parar em São Januário, levado por 16 vitórias e quatro empates, somando 58 bolas no filó, nos 22  jogos disputados, com apenas duas escorregadas.                                                             Válter participou de 20 pegas e foi o principal artilheiro das equipe: 13 tentos. Rolando tanta bola, claro que a "Manchete Esportiva" não deixaria de fazer uma bela capa com ele, cidadão paulistano, nascido em 15 de setembro de 1931 e que viveu até 21 de junho de 1961, quando foi tragado por um acidente automobilístico, na Espanha.                           Valter chegou à Seleção Brasileira, tendo disputado oito jogos canarinhos, vencendo quatro, empatando três e perdendo só em um. Estreou, no 1 x 1 Chile (18.09.1955) e depois esteve nos 3 x 0 Paraguai (13.11.1955; 2 x 0 Seleção Pernambucana (01.04.1956): 1 x 0 Portugal (08.04.1956); 1 x 1 Suíça (11.04.1956); 0 x 0 Tchecoslováquia (21.04.1956); 0 x 3 Itália ( 25.04.1956) e no 1 x 0 Turquia (01.05.1956). 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário