Vasco

Vasco

quarta-feira, 17 de maio de 2017

O ESPETACULAR CANAL 100

 O Canal 100" foi um documentário cinematográfico que marcou época nos cinemas brasileiros da década de 1960. Começou em 1959 e era produzido por Carlos Niemeyer, com camera operada por Francisco Tortura.
 Passava, sempre, junto com os "traillers" dos próximos filmes  a srem exibidos pela casa e mostrava, realmente, lances belíssimos, selecionados, com o movimento, as vezes, se encaminhando para um formato que lembrava o balé.
A gingada do atacante; a defezaça do goleirão voador; o chutaço do artilheiro na trave; o balanço da rede; a bronca do juiz, enfim, tudo o que fazia o espetáculo era festa para a rapaziada do tempo do seu pai.
Na década de 1990, a extinta "TV Manchete" andou exibindo o arquivo do "Canal 100", que traziam, ainda, como grande atração, a tabelinha entre um lance e a música "Na cadêndcia do samba", de Luiz Bandeira, executada por Sílvio Mazucca. Isso rolou até 1986. Voltou, em 1997, mas só com futebol. O noticiário completo incluía política, moda e notas sociais.
 No Canal 100, o torcedor vascaíno assistiu os grandes momentos da vitória vascaína sobre o Botafogo, valendo a conquista da Taça Guanabara-1965, como documentaram, também, estas fotos publicadas pela Revista do Esporte, em que o ponteiro Zezinho dá sangue. no Maracanã.

Zezinho deixa Joel para trás e rompe para o ataque. Com cenas assim, o Canal 100 arrebentava

Nenhum comentário:

Postar um comentário