Vasco

Vasco

sexta-feira, 12 de maio de 2017

QUAL O MELHOR VASCO? CANDIDATO 1998

Reproduzido de www.esporteuol.com.br, Odvan (C)fez boa
 temporada e foi parar na Seleção Brasileira
A temporada-1998 jamais deveria ter terminado para o Vasco da Gama. Venceu demais – Carlos Germano, Márcio (goleiros), Vítor, Maricá, Odvan, Alex, Mauro Galvão e Felipe (defensores), Luisinho, Válber, Nélson, Nasa, Pedrinho, Juninho Pernambucano e Vagner e Ramón (apoiadores); Donizete e Luizão e Luís Cláudio (atacantes) foram os responsáveis, comandados pelo treinador Antônio Lopes.
 Em sua primeira disputa, a “Turma da Colina” foi passando o rodo sobre quem se apresentava pela frente e conquistou a Taça Guanabara só escorregando em uma partida, conforme campanha, com autores dos gols, que você confere: 18.01.1998 – Vasco 1 x 0  Bangu (Donizete “Pantera”); 01.02 – 5 x 0 Americano (Vitor (2), Felipe, Luizão e Ramon); 08.03- 4 x 3 Fluminense (Ramon (2), Luizão e Pedrinho); 29.03 – 1 x 2 Botafogo (Donizete); 07.04 – 3 x 0 Friburguense (Luís Cláudio, Pedrinho e Odvan); 12.04 – 4 x 0 Madureira (Pedrinho, Vagner, Donizete e Luís Cláudio); 19.04 – 0 x 0 Flamengo.  
Pela Taça Rio, o segundo turno do Estadual-RJ, a sequência de triunfos continuou, tendo alvinegros e rubro-negros se negado a enfrentar o Vasco, alegando que o clube tinha todos os seus pedidos de mudança de dias e horários de jogos atendidos pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro-FERJ. Alegação mesquinha, pois a entidade teria feito o mesmo com eles, caso estivessem disputando a Taça Libertadores, como os vascaínos, como veremos adiante.

PLACARES - Anote números e autores de gols durante a Taça Rio, quando a rapaziada carregou o caneco fechando uma campanha de 11 vitórias, dois empates, duas escorregadas, 25 gols pró e oito contra: 22.04.1998  – Vasco 1 x 0 Americano (Luís Cláudio); 26.04 – 3 x 1 Friburguense (Juninho, Luís Cláudio e Pedrinho); 29.04 – 2 x 0 Madureira (Donizete e Luís Cláudio); 10.05 – WO x Botafogo; 14.05 – 1 x 0 Bangu (Mauro Galvão): 17.05 – WO x Flamengo; 21.05 – 0 x 2 Fluminense.
OBS: o Vasco foi campeão estadual-1998 com duas rodadas de antecedência, o que significava que não precisava enfrentar o Flamengo na penúltima rodada. 
FAIXA - A Confederação Sul-Americana de Futebol promovia, em 1998, a sua 39ª Taça Libertadores das América, o primeiro e único título vascaíno na competição, com este nome, pois ganhara o I Sul-Americano de Clubes Campeões-1948, o embrião da disputa.
Campeão brasileiro-1997,  durante a primeria fase da disputa “cucaracha”, o Vasco encarou o Grêmio-RS e os mexicanos América e Chivas, ficando segundo do grupo. Foi para as oitavas-de-final e eliminou o Cruzeiro-MG, fazendo o dever de casa, em São Januário e segurando empate fora.
Eliminados os mineiros, o Grêmio-RS pintou, de novo, pela frente,  nas quartas-de-final. E o “Almirante” fez o mesmo que havia feito com os cruzeirenses: vitória em casa e empate no Sul.
A barra, nas semifinais, pesaria. O adversário seria o forte argentinos River Plate. Em São Januário, o Vasco venceu por um gol de diferença, placar muito perigoso, como mostrou-se ser, em Buenos Aires, onde os “hermanos” abriram a conta.
Inferiorizado no placar, o Vasco apostou nos contra-ataques, que não eram muitos. De repente, pintou uma falta, na intermediária, e Juninho Pernambucano, que estivera até pouco antes no banco dos reservas, empatou o lance, com um gol belíssimo e que valeu a classificação à final, contra o equatoriano Barcelona, de Guayquill.
Na Colina, o Vasco mandou 2 x 0. No segundo jogo, na casa do adversário, Luizão abriu o placr, aos 24 minutos do primeiro tempo. O anfitrião empatou, aos 34, mas o “Pantera” Donizete desempatou, aos 44 minutos, para a rapaziada administrar o placar pela etapa seguinte, e carregar o caneco.  Com 2 x 1, o “Almirante” conquistou o seu maior título.

Luizão, reproduzido de www.netvasco.com.br
A finalíssima, no Estádio Monumental Isidro Romero Carbo, em Guayaquil, teve 72 torcedores e esta formação cruzmaltina: Carlos Germano; Vágner, Odvan, Mauro Galvão e Felipe; Luizinho (Vítor), Nasa, Juninho Pernambucano e Pedrinho (Ramón); Donizete e Luizão (Alex Pinho). CAMPANHA: 04.03.1998 -  Vasco 0 x 1 Grêmio-RS; 17.03 – 0 x 1 Chivas-MEX; 20.03 – 1 x 1 América-MEX; 26.03  3 x 0 Grêmio-RS; 03.04 – 2 x 0 Chivas-MEX; 09.04 – 1 x 1 América-MEX; 15.04 – 2 x 1 Cruzeiro-MG; 02.05 – 0 x 0 Cruzeiro;  03.06 – 1 x 1 Grêmio-RS; 06.06 – 1 x 0 Grêmio-RS; 16.07 – 1 x 0 River Plate-ARG; 22.07 1 x 1 River Plate-ARG; 12.08 -  2 x 0 Barcelona-QUE; 26.08 – 2 x 1 Barcelona-EQU.
Foto do time posado reproduzida de www.colunasports.blogspot.com. Agradecimento

Nenhum comentário:

Postar um comentário