Vasco

Vasco

sábado, 3 de junho de 2017

VASCO DAS PÁGINAS - PAPÃO-97

Em 2013 (sem data), a revista "Tributo Esportivo" mandou às bancas a "Edição Histórica Nº 10, Ano 6", intitulada "Times Inesquecíveis". E o Vasco da Gama-1997 foi um dos selecionados. Está  à página 15, lembrando da grande temporada feita pelo atacante Edmundo e chorando por a FIFA-Federação Internacional de Futebol Associado só premiar atletas atuando pelos gramados europeus.
Para o editor, o "Animal" fora a fera mais feroz do ano em que o "melhor do mundo" chamava-se Ronaldo "Fenômeno", levando a glória pra casa, pela segunda vez seguida.
 Uma das provas apontadas pela publicação em defesa do avante vascaíno fora ele ter batido uma marca vigorando Campeonato Brasileiro de Futebol (o maios difícil do planeta) desde 1975: 29 gols, contra 25, de Reinaldo Lima, do Atlético-MG.
 Mais? Em uma só partida – contra o União São João-SP –, Edmundo marcara todos os tentos (6) cruzmaltinos, o que ninguém havia conseguido, por nenhum outro clube, desde o início da competição, em 1971. Os seus gols representaram um terço dos 69 mandados às redes pelo clube durante aquele Brasileirão.
O grupo vascaíno campeão nacional-1997, conquistaria, ainda, na sequência, a maior disputa continental, a Taça Libertadores-1998; o Estadual-RJ-1998 e o Torneio Rio-São Paulo-1999, comandado pelo treinador Antônio Lopes.
 Além de Edmundo, outros destaques eram o goleiro Carlos Germano; os zagueiros Válber, Odvan; o capitão Mauro Galvão; o lateral-esquerdo Felipe e o meia Juninho Pernambucano.         




Nenhum comentário:

Postar um comentário