Vasco

Vasco

quinta-feira, 8 de junho de 2017

VASCO DAS CAPAS - JUNINHO PAULISTA

  O meia Juninho Paulista foi capa da edição Nº 9 da Revista do Vasco, Ano I, de setembro de 2000. "Mais um craque, mais um Juninho", era a manchete pela qual a "Revista Oficial do Club de Regatas 
 Como o atleta perdera a chance de disputar a Copa do Mundo-1998, na França, devido uma fratura, desejava ter uma nova chance, em 2002. Aproveitou o rebaixamento doa Atlético de Madrid à Segunda Divisão do Campeonato Espanhol de Futebol e veio, para o Vasco, pelo empréstimo de um ano.
 Oswaldo Giroldo Júnior passou a ser chamado de Juninho Paulista, entre os cruzmaltinos, porque a galera já contava com o xará Juninho Pernambucano (Antônio Augusto Ribeiro Reis Júnior). Pesando 58 quilos e medindo 1,68 m de altura, ele foi campeão da Copa Mercosul, na virada, por 4 x 3, sobre o Palmeiras, em 20 de dezembro do mesmo 2000, após os alviverdes paulistas fazerem 3 x 0 no primeiro tempo.
Em sua chegada à Colina, Juninho Paulista posou diante da foto do Almirante Vasco da Gama, beijou a camisa do clube e assinou contrato, na sala do presidente Antônio Soares Calçada. Três dias depois, na tarde do domingo 8 de agosto de 200, estreou nos 3 x 3, em São Januário, com o Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro, entrando nesta formação do treinador Oswaldo de Oliveira: Hélton; Jorginho, Geder (Odvan), Alexandre Torres e Felipe; Nasa, Juninho Pernambucano e Juninho Paulista; Alex Oliveira (Fabiano Eller), Romário e Viola (Luís Cláudio). Entre 2000/2001, Juninho Paulista fez 47 jogos e 13 gols vascaínos
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário