Vasco

Vasco

quarta-feira, 9 de maio de 2018

TRAGÉDIA - VASCO DA GAMA 0 X 3 BAHIA

Se o “Tricolor de Aço” não tivesse tirado o pé do acelerador, o placar poderia ter sido maior, pois o “Almirante” foi, hoje, um time completamente tonto, obnubilado, esfarrapado. Deu pena.
Com mis uma derrota humilhante –  0 x 4 Jorge Willsterman-Bol; Racing-ARG e Cruzeiro, antes  – o Vasco deverá ser eliminado, também, da Copa do Brasil- já foi da Taça Libertadores - , pois não  há perspectivas de que possa reverter o placar, marcar quatro gols e não sofrer nenhum, na próxima semana.
Caio Montero, fotografado por
Carlos Gregório Júnior, de
www.crvascodagama.com.br 
Mas os baianos, também, merecem críticas: antigamente, selecionavam quem entrava no glorioso Estado da Bahia. Agora, qualquer time pé rapado, que não tem nada a apresentar, chega por lá pra estragar o gramado.
 Bem feito par quem saiu de casa pra assistir jogo de uma coisa horrorosa, deprimente,  como o time levado pelo Vasco. Seria mais vantagem ter ficado em casa e jantado um abará e um acarajé com vatapá. O "VascoBurro" dá indigestão.
 O jogo de volta conta o Bahia será no próximo dia 16, da partir das 20h, em São Januário. Desde já esteja convidado para ler mais uma “Tragédias da Colina”, caso o “Vasco Burro” não mude. No domingo, o rebotalho que foi hoje encara mais um baiano, o Vitória, a partir das 16h, na Colina, pelo Campeonato Brasileiro.
CONFIRA A FICHA TÉCNICA – 09.05.2028 (quarta-feira) – VASCO 0 X 3 Bahia. Copa do Brasil. Estádio> Fonte Nova, em Salvador-BA. Juiz: Vinicius Gonçalves Dias Araújo-SP. Público: 13.447 pagantes. Renda: Zé Rafael, aos 18, e Edigar Junio, aos 24 min 1 tempo, e Vinícius, aos 4 min do 2 tempo.
VASCO - Martín Silva; Werley (Kelvin), Erazo e Paulão; Yago Pikachu, Wellington, Desábato, Bruno Cosendey (Wagner) e Henrique; Caio Monteiro (Andrey) e Andrés Ríos. Técnico: Zé Ricardo. AHIA - Douglas Friedrich; João Pedro, Everson, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Zé Rafael, Vinícius (Régis) e Élber (Allione); Edigar Junio (Kayke). Técnico: Guto Ferreira.




Nenhum comentário:

Postar um comentário