Vasco

Vasco

quarta-feira, 27 de julho de 2016

BELAS DA MANCHETE ESPORTIVA - STELA

 
 Como toda rival de um grande adversário, o maior barato da voleira Maria Stela, do Mackenzie, de Belo Horizonte, era vencer o Minas Tênis Clube. Mais um? Jogar com a camisa 17. Se não lhe entregassem a dita cuja, não entraria na quadra. Foi o que contou à repórter Meg, para a Manchete Esportiva de Nº 83, publicada com data de 22 de junho de 1957.
Por aquela época, Maria Stela de Brito disputava uma competição na mineiríssima Poços de Caldas e foi fotografada  por Jader Neves. Herdeira de uma cadeia genética que começava com o pai campeão em vôlei, basquete e atletismo, ela manteve a linhagem da família, desde 1951, começando pela cidade de Alfenas. Depois, seguiu para Poços de Caldas e foi campeã nos Jogos Abertos do Interior de São Paulo, vizinho de sua casa. O próximo passo foi defender a Associação da Mocidade Esportiva, de Pouso Alegre, ao qual ajudou a ganhar o título dos Jogos Abetos do Interior de Minas Gerais.
Maria Stela ganhando títulos e glórias, até ser convidada a defender o Mackenzie, na capital mineira. Acumulou experiências, indo a disputas universitárias em Porto Alegre e Recife. De quebra, chegou a heptacampeã da capital e pentas do estadual. Feríssima, mandou Cupido se mandar, para não atrapalhar a sua grande paixão, que era o vôlei. Fera radical!    

Nenhum comentário:

Postar um comentário