Vasco

Vasco

domingo, 20 de maio de 2018

TREMENDÃO TABELA COM PELÉ

Erasmo Carlos, reproduzido de www,netvasco.com.br
1 - A gravadora RGE acabara de colocar na praça, em 1964, o primeiro compacto simples de (vinil), de Erasmo Carlos, com as músicas "Terror dos Namorados" e "Jacaré". Pouco depois, ele foi divulga-lo em São Paulo, pois  no Rio de Janeiro, o futuro "Tremendão" não conseguia emplacar. Aos seus shows, só iam ele e os garçons do estabelecimento. 
Estava Erasmo em "Sampa", quando o "disckjoquei" Ademar Dutra convidou-o a se apresentar em uma boate de Santos. Usando só um violão, ele cantava, além das duas músicas já citadas, dois sucessos de Roberto Carlos – "Parei na Contramão" e "Splish Splash" –,  alguns sambinhas e alguns rocks. Estava, então, o show rolando, quando Erasmo cantou "Moleque Trinta", que terminava fazendo referência a Pelé.
 O que aconteceu? Pelé estava escondidinho, num cantinho da boate, com uma namorada, e achou interessante a letra da música. Avisado, Erasmo foi falar com o "Rei". Ao se abraçarem, o "Tremendão" foi desatando: "Eu estava no Maracanã (junho de 1957) e vibrei com três gols seus, com a camisa do Vasco (Torneio Internacional do Morumbi), naquele jogo (do Combinado Vasco/Santos, contra (os portugueses) os Belenenses. Quando se encontrou com Roberto Carlos, Erasmo não perdeu tempo. Foi logo contando: "Bicho! Sabe quem foi ao meu show? O Pelé!" 

Nenhum comentário:

Postar um comentário