Vasco

Vasco

terça-feira, 2 de agosto de 2016

O VASCO NOSSO DE CADA DIA - 02.08


A data 2 de agosto teve time copeiro e goleador impiedoso. Inclusive, d´além mar. Vamos navegar atrás dessas histórias.

VASCO 4 X 1 SPORTING - Aconteceu durante excursão do "Almirante" à Europa,  em 1931. Passando por relvados lusitanos, a rapaziada disputou um amistoso, na Cidade do Porto, e foi às redes por intermédio de Nilo (2), Carvalho Leite e Ghizone. O  treinador Harry Welfare chamou para a empreitada: Jaguaré, Brilhante e Itália; Tinoco, Fausto e Mola; Bahianinho, Nilo, Russinho, Carvalho Leite e Mário Matos.
Sebastião Lazaroni
VASCO 4 X 0 BANGU - Este "sacode mulato" rolou em um domingo, no Maracanã, pelo Estadual-1987, conferido por 36.171 pagantes e apitado por Wilson Carlos dos Santos. Tita, aos 4 minutos do primeiro tempo; Geovani, aos 22; Romário, aos 33, e Roberto Dinamite, aos 35 da etapa final, fizeram o serviço em cima do time que tem seus jogadores apelidados por “Mulatinhos Rosados de Moça Bonita”. Sebastião Lazaroni (foto à esquerda, reproduzida de esporte.uol.com.br) era o treinador e o time dele tinha: Acácio; Mazinho, Donato, Fernando e Pedrinho; Henrique, Geovani, Luis Carlos Martins (Mauricinho) e Tita; Roberto Dinamite e Romário (Vivinho).
VASCO 1 X 0 AMÉRICA - Um outro time carioca batido pelo Vasco nos 2 de agosto foi o América: 1 x 0, em 1972, numa quarta-feira, no Maracanã, pelo terceiro turno do Estadual-RJ. Mário Travaglini comandava a moçada que teve Buglê marcando o seu gol. Time: Andrada: Paulo César, Miguel, Moisés e Eberval; Alcir Portela, Ademir e Buglê (Suingue); Jorginho Carvoeiro, Tostão, Roberto Dinamite e Silva (Jaílson).                            
                                COPA RIO NÃO É A MESMA COISA QUE TAÇA RIO
VASCO 2 X 1 FLUMINENSE - Com gols de Luisinho e Bismarck, a 'Turma da Colina" carregou a Copa Rio de Janeiro-1992. Não a confunda com a Taça Rio, que vale pela segunda etapa do Estadual-RJ. A conquista foi indiscutível, com sete vitórias, e dois empates, marcando 16 e sofrendo quatro tentos. Inclusive, a moçada venceu o Flu, por três vezes, além, de Flamengo e Botafogo, os seus mais fortes rivais. Só tropeçou, parcialmente, empatando com dois “pequenos”, Madureira e Volta Redonda, contra este, na casa dele. O jogo do título, em um domingo, em São Januário, teve 3.7811 pagantes e apitos de Sérgio Cristiano do Nascimento. O treinador cruzmaltino era Telê Santana que fez campeões: Carlos Germano; Dedé (Cássio), Jorge Luiz, Tinho e Eduardo; Luisinho, Leandro Ávila e Flávio; Bismarck, Valdir 'Bigode', Roberto Dinamite. 
CAMPANHA: 13.06.1992 – Vasco 0 x 0 Madureira; 17.06.1992 – Vasco 3 x 1 Fluminense (gols de Sorato, Macula e Valdir "Bigode"); 24.06.1992 – Vasco 2 x 1 Botafogo (Valdir e Cássio); 11.07.1992 – Vasco 3 x 0 Portuguesa-RJ (Roberto Dinamite, Bebeto e Júnior); 15.07.1992 – Vasco 2 x 1 Flamengo (Luís Cláudio e Júnior); 23.07.1992 – Vasco 0 x 0 Volta Redonda; 26.07.1992 – Vasco 2 x 0 Volta Redonda (Bismarck e Roberto Dinamite); 31.07.1992 –Vasco 2 x 0 Fluminense (Jorge Luís e Eduardo); 02.08.1992 – Vasco 2 x 1 Fluminense (Luisinho e Bismarck). (Foto reproduzida de esporterio.blogspot.com). Agradecimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário