Vasco

Vasco

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

MUSA CRUZMALTINA DO DIA -JAMJAM

A modelo e lutadora Jamila Sandoro é campeã de aparecimentos aqui no Kike. Também, pudera! Além de deslumbrante ela é uma mulher moderníssima, inteligente e não tem limites para vencer no que encara. Nesta foto, reproduzida de www.vascainosnaweb, ela participava da promoção Musa do Verão-2013. E que estampa cruzmaltina mandou ver, hem! O glorioso Club de Regatas Vasco da Gama tem as torcedoras mais lindas do planeta. Podes crer! - como dizia uma gíria da década-1980. 
 
The model and now fighter Jamila Sandoro is the appearance champion here at "Kike". Also, he could! In addition to being gorgeous, she is a very modern and intelligent woman, who has no limits to overcome in what she faces. In this photo, reproduced from www.vascainosnaweb, she participated in the Musa promotion of Summer-2013. And that cruzmaltina print sent to see, hey! The glorious Club de Regatas Vasco da Gama has the most beautiful fans on the planet. You can believe it! - as one slang of the 1980s used to say.

HIOSTORI&LENDAS DA COLINA - CCCP

1 - Na noite da quarta-feira 4 de dezembro de 1957, pela primeira vez, uma equipe da antiga União Soviética-CCCP, jogou no Maracanã. Empatou, por 1 x 1, com o Vasco da Gama, que teve o seu gol marcado por Almir Albuquerque Morais. À direita da foto (reproduzida de Manchete Esportiva), ao capitão e zagueiro Bellini leva ao abraço cruzmaltino ao visitante que deu muito trabalho à  "Turma da Colina".
 
2 - O último grande goleiro feito em São Januário, Hélton, esteou com titular em 3 de agosto de 1999, diante do uruguaio, pela antiga Copa Mercosul, que virou Copa Sul-Americana. De lá para cá, todos os goleiros utilizados vieram de outras equipes. A lista pós-Helton: Fábio - revelado no União Bandeirantes-PR;  Cássio - revelado no Olaria-RJ; Tadic - sérvio; - Éverton - tirado do Volta Redonda-RJ; - Fabiano Borges - saído do Criciúma-SC;  Elinton -buscado no Bangu; Erivélton, ex-Americano-RJ; Roberto - ex-Criciúma-SC; - Sílvio Luís - ex-São Caetano-SP; Tiago - ex-Portuguesa de Desportos-SP; Rafael - ex-Itumbiara-GO; Fernando Prass - repatriado doo União Leiria-POR; - Alessandro - ex-Grêmio-RS;  Michel Alves - ex-Criciúma; Diogo Silva - ex-Nova Iguaçu-RJ; Martín Silva - ex-Olímpia-PAR.
3 - O primeiro goleiro gringo cruzmaltino foi o paraguaio Víctor Gonzalez, que defendeu o clube nos anos de 1954 e 55, mas posteriormente se transferiu para o Fluminense. O segundo foi o argentino Errea. O terceiro marcou época na Colina. O também argentino Andrada, um dos heróis do primeiro título brasileiro do clube, o Brasileirão-1974. Foram sete anos defendendo as redes do Vasco, tempo suficiente para se tornar ídolo e uma referência do time na década-1970. Trinta anos após os vascaínos levantarem a primeira taça de campeão nacional, o clube voltou a apostar em um estrangeiro para o gol. O sérvio Tadic aportou em São Januário por indicação de seu compatriota Petkovic, que na época vestia a 10 vascaína. Fracasso. Com atuações muito aquém do esperado, deixou o clube poucos jogos depois. Quase quatro décadas após o sucesso de Andrada, um sul americano voltou a vestir a camisa 1, o uruguaio Martín Silva.
 

4  - O capitão Bellini foi chamado pelo chefe da seleção brasileira campeã mundial na Copa do Mundo-1958, na Suécia, para abrilhantar o desfecho de uma promoção da empresa aérea Panair do Brasil, já inexistente. Foi recepcionar o mascote, o Chiquinho, que fez muito sucesso junto à equipe canarinha. E era pé-quente. O danadinho, ao voltar ao Brasil, desapareceu, misteriosamente. Foi encontrado em um subúrbio do Rio de Janeiro, para alegria dos jogadores e dos membros da comissão técnica do escrete canarinho.

 5  - Em 23 de fevereiro, pelo Torneio Rio-São Paulo de 2000, o zagueiro Mauro Galvão atingiu a marca de mil jogos. Foi na partida em que o Vasco venceu o São Paulo, por 2 x 1, com dois gols de Romário, aos 8 minutos do primeiro tempo e aos 41 do segundo, em uma quarta-feira, em São Januário, perante 7.750 pagantes. O jogo valeu pelas semifinais da competição e foi apitado por Romildo Corrêa (SP). Para atingir a marca, o capitão vascaíno havia atuado, antes, por Internacional-RS, Bangu, Botafogo e Seleção Brasileira. O seu time do "Jogo1000" foi: Helton; Jorginho (Maricá), Odvan, Mauro Galvão e Gilberto; Válber, Felipe (Alex Oliveira), Amaral e Paulo Miranda (Rogério); Viola e Romário. Técnico: Antônio Lopes. 

terça-feira, 14 de agosto de 2018

ACONTECEU NA ESQUINA DA COLINA


1 -  Embora sempre mais forte, o Vasco jamais conseguiu vencer o capixaba Rio Branco, de Vitória, em Campeonatos Brasileiros. No de 1986, por exemplo, empatou, por 1 x 1. Antes disso, caíra, em 21 de setembro e em 29 e outubro do mesmo ano, respectivamente, por 0 x 1, fora, e por 1 x 2, em São Januário. Pelo Torneio Heleno Nunes, em homenagem ao almirante vascaíno, então presidente da antiga Confederação Brasileira de Desportos, o alvinegro capixaba segurou um 0 x 0, em  4 de dezembro de 1976, em casa.

2 - O Vasco só se dá bem  com o Rio Branco em amistosos. Nos 10 já disputados, venceu oito e empatou dois. Inclusive, há uma goleada, por  8 x 2. Confira esta história: 25.04.1948 – Vasco 3 x 1;27.04.1958 – Vasco 2 x 1; 21.06.1964 – Vasco 2 x 0;  24.03.1970 – Vasco 1 x 0; 30.11.1975 -  Vasco 0 x 0 Rio Branco; 29.01.1976 -  Vasco 0 x 0 Rio Branco; 07.05.1981 – Vasco 2 x 0; 07.10.1981 – Vasco 2 x 0; 01.05. 1986 – Vasco 8 x 2; 30.06.2000 – Vasco 2 x 0. Há, também, um triunfo, por 1 x 0, em 6 de fevereiro de 1968, pelo Torneio Presidente Costa e Silva.

3 - Nos meses de junho, o Vasco chegou a passar 17 anos sem enfrentar o Botafogo, entre 21.06.1951 a 09.06.1968. Logo em seguida, engatou um outro intervalo, de 12 temporadas, entre 04.06.1969 a 21.06.1981. Mas não foi só com os alvinegros de General Severiano que os vascaínos ficaram tanto tempo sem se encontrar, nos junhos. Com o maior rival, o Flamengo, chegaram a ficar desencontrados por longas eras: de 14.06.1950 a 08.06.1959. Mas o recorde vascaíno de tempo sem refregas contra grandes rivais, em junho, foi de 27 temporadas sem ver as caras do Fluminense, entre 30.06.1947 a 01.06.191975, e o Santos, de 03.06.1965 a 07.06.1992. Depois, mais uma estiagem com o “Peixe”, de 18 viradas da folhinha: entre 07.06.1992 a 06.06.2010.  


O GRANDE GUERREIRO DA COLINA

Esta é mais uma criação do artista "nota  1.000" do belíssimo site www.paixaovascao.com.br  Pena que o Kike não descobriu o nome dele, para informar à galera. Aqui, ele deixa claro que a rapaziada é guerreira, espadazaã. Vai à guerra e luta com muita valentia. Que saiam da frente os adversários. Cruzmaltino é assim e sempre será. Pelos inícios do seu futebol, já rolando a década-1920, quando foi perseguido pelos "grandes", por escalar negros e bancos pobres, reagiu, tornando-se maios do que todos e faturando um bicampeonato carioca. Dá-lhe guerreiro!    
This is another creation of the artist that enriches the beautiful site www, paixaovascao.com.br. Too bad Kike did not find out his name, to let the guys know. Here he makes it clear that the boys are brave, sword. Go to war and fight with great courage. Get out the opponents. Cruzmaltino is like that and always will be. By the beginnings of its soccer, already rolling the decade-1920, when it was persecuted by the "greats", by climbing blacks and poor banks, it reacted, becoming more than all and billing a bicampeonato carioca. Give him a warrior!

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

MUSA DO DIA DA COLINA - BELA CELA

e você encontrar uma modelo fotográficas mais bonitas e inteligente do que Marcela Schittine, o Kike vai duvidar. Ela é a dona da bola. Linda, loira e charmosa, não precisa explicar as razões porque este poster correu o país mostrando a sua beleza. Convenhamos que, além de grande fera do mar, o glorioso "Almirante" tem um olho clinico. Taí Marcela que não deixa o Kike mentir.   (REPRODUZIDO DE www.nossofutebol.blogspot.com). Agradecimento. 
  
If you find a more beautiful and clever photographic model than Marcela Schittine, Kike will doubt. She owns the ball. Beautiful, blonde and charming, you do not have to explain the reasons why this poster ran the country showing its beauty. Let us agree that besides the great sea beast, the glorious "Admiral" has a clinical eye. Taí Marcela that does not let Kike lie