Vasco

Vasco

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

VASCO E KIKE FECHADO PARA BALANÇO-2014


A temporada-2014 não foi o que a torcida sonhava para a "Turma da Colina". O Vasco foi prejudicado pela arbitragem, que tirou-lhe o título de campeão estadual, no primeiro semestre, validando um gol irregular para o Flamengo, que perdia por 1 x 0 e jogava pelo empate. Mas o comportamento do seu time na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro da Série B ficou muito abaixo das expectativas.
Uma boa temporada
Na "Segundona", a irregularidade marcou uma trajetória que começou sob comando técnico de Adílson Batista e terminou com Joel Santana. Em 38 jogos, o Vasco venceu 16, empatou 15 e perdeu 7. Marcou 50 gols e sofreu 36, ficando com um saldo de 14. Aproveitamento de 55%, enquanto o do campeão Joinville-SC foi de 61%, e o do vice Ponte Preta-SP de 60%.  
Fez o que sabe: "morder"
Por ser um “clube “grande”, o Vasco  tinha por obrigação ganhar o título destas “Bezona”, como o fez, em 2009, com tranquilidade. Mas terminou em terceiro lugar, com 63 pontos, distante seis da Ponte P e a sete do catarinenses. A campanha deu-lhe o direito de voltar à Série A do Brasileirão, mas sinalizando que é candidato a cair, novamente, se voltar a jogar como nesta temporada. Irresponsavelmente, desperdiçou 11 pontos dentro de São Januário, ontem, também, empatou jogos “em cima da hora”, isto é, nos acréscimos. O que aconteceu, também,  fora, onde entregou pontos nas mesmas circunstâncias. E chegou ao cúmulo de perder do lanterna Vila Nova-GO (em Brasília). Mais? Foi goleado, pelo Avaí, por 5 x 0, em São Januário, o seu pior resultado naquele estádio, desde 1927, quando o inaugurou.
Só 5 gols na temporada
COPA DO BRASIL - A trajetória vascaína foi, também, fraca. Em nenhum momento sinalizou que poderia chegar à decisão. Em oito compromissos, venceu quatro, empatou três, e foi eliminado, merecidamente, jogando “bolinha de papel”, pelo ABCN-RN. Dois dos empates, foram em São Januário, contra o paraibano Treze, de Campina Grande, e o mesmo potiguar ABC. O outro aconteceu em Manaus, diante do fraco Resende-RJ. Nesses jogos, marcou 10 e sofreu seis gols. Quanto ao Estadual-RJ, seria o final de um tabu, de 11 temporadas, se não tivesse acontecido mais um “Flapitaço” (veja matéria sobre o tema, indo ao arquivo do blog). Houve uma derrota, para o Flamengo, em que,  cobrança de falta, por Douglas, fez a bola entrar por 33 centímetros além da linha fatal. Ao quicar no gramado, voltou as mãos do goleiro rubro-negro, e o árbitro mandou a partida seguir. Ali o placar flicaria Vasco 2 x 0. Então, o Flamengo virou o placar no finalzinho do clássico.
Escalações irregulares
Com os “Flapitaços” desconsiderados, o Vasco venceu dois “grandes”, Botafogo e Fluminense (com o qual empatou, também), e perdeu para dois “pequenos”, Cabofriense e Bonsucesso, ambos os jogos em São Januário. Os empates foram com Boavista, em casa, Macaé e Nova Iguaçu, respectivamente, em Macaé e em Volta Redonda.
Artilheiro do Estadual
 Como se lê, foram 8 pontos jogados fora quando a partida rolou na Colina. Em 19 compromissos do Estadual, o Vasco venceu 9, empatou 7 escorregou em 3, marcando 35 e buscando 15 bolas no barbante. E teve o principal artilheiro do campeonato, Edmílson, com 11 gols.
  Somados os compromissos de Estadual, Copa do Brasil e Série B do Brasileiro, o Vasco mandou 22 pontos para o espaço, em seu campo. Um “time de astronautas”, com a cabeça na estratosfera. Ou jogar na Rua General Almério de Moura não é nenhuma vantagem para as navegações do “Almirante”.
Confira as fichas técnicas de todos os jogos do Vasco nesta temporada indo ao arquivo do blog e acionando nas datas 23/22/21 de 2011, os “post” Vasco no Brasileiro-2114; Vasco na Copa do Brasil-214 e Vasco no Estadual-2014.
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014


Gráfico de visualizações de página do Blogger
Visualizações de página de hoje
9
Visualizações de página de ontem
164
Visualizações de página do mês passado
5.176
Histórico de todas as visualizações de página
200.001
 
 
Dois acesso simultâneos levaram o "Kike da Bola" a atingir, aos 15 segundos deste 31 de dezembro de 2014, a marca de 2000.001 acessos. Valeu "vasconauta" pela sua visita a este blog vascaíno, colocado no ar n dia 15 de dezembro de 20010. Siga por aqui, prestigiando este exercício explícito de vascainagem nossa de todo dia. Valeu!   
9
 


 
 
 
 
 
 


Total de visualizações de página

Sparkline 200,001
   
 
 
 
 

terça-feira, 30 de dezembro de 2014


KIKE CHEGANDO ÀS 200 MIL VISITAS

Gráfico de visualizações de página do Blogger
 
 
Visualizações de página de 30.12.2014
164
Visualizações de página do mês de outubro
5.174
Histórico de todas as visualizações de página




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário