Vasco

Vasco

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

VASCAÍNOS RÁPIDOS NO GATILHO

O "Time dos "MATADORES MAIS RÁPIDOS DA COLINA" entra em campo. Anote a escalação, esticada para 26 titulares, por ordem alfabética: Ademir da Silva,  Ademir Menezes, Bismarck, Célio Taveira, Delém, Dimas, Donizete, Dunga, Dedé, Edu Coimbra, Elton, Fidélis, Geovane, Guina, Javan, Joãozinho, Lorico,  Maneca, Nenê, Mário 'Tilico', Mauro Galvão, Paulo Roberto, Ramon Menezes, Roberto Pinto, Romário, Sabará, Sorato, Silva, Thalles, Válter Marciano, Viola e Vivinho. Eles são os caras que marcaram os gols vascaínos mais rápidos. Vamos conferir.     

1 - 04.02.2018  -18 SEGUNDOS -  Thiago Galhardo, em tarde de domingo, em São Januário, em Vasco 3 x 1 Volta Redonda, pela quinta e última rodada da fase classificatória da Taça Guanabara.

2 - 31.05.2016 - NENÊ - 23 SEGUNDOS - Gol marcado na noite de uma terça-feira, na Arena Barueri. em São Paulo, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O placar foi de 1 x 1.

3 - 18.01.1948 - DIMAS -  40 SEGUNDOS - Aconteceu em um amistoso, com o Cruzeiro, em Belo Horizonte, vencido pelo Vasco, por 3 x 1, no estádio do Barro Preto. Na época, a rapaziada viajava pelo  "Expresso da Vitória", o time que era um dos mais fortes do planeta.

4 - 17.10.1979 - PAULINHO MASSARIOL - 50 SEGUNDOS - Marcado em Vasco 2 x 0 Goytacaz, no Maracanã, pelo quarto campeonato da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, após a fusão com a Guanabara.  

5 – 27. 08. 1961 – JAVAN -  1 MINUTO - O Vasco foi ao Estádio Álvaro Chaves encarar o São Cristóvão, pelo Campeonato Carioca. Malmente o juiz Armando Rosa Nunes Castanheira Marques apitou bola rolando, o centroavante vascaíno balançou o filó defendido pelo goleiro Orlando.  

6 – 08.07.1962 - JOÃOZINHO – 1 MINUTO – O jogo foi em no estádio da Rua Teixeira de Freitas, pelo Campeonato Carioca. Assim como Armando Marques, o árbitro José Monteiro, malmente, fez o apito inicial, já ordenava uma nova saída de bola. Por causa do ponta-direita da “Turma da Colina”, que fez o goleiro Wagner, da Portuguesa, da Ilha do Governador, ir buscar a bola “lá onde a coruja dorme”, como bordejavam os antigos “speakers” radiofônicos.

7 - 02.11.1972 - SILVA - 1 MINUTO - Noite de quinta-feira, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro. Em Vasco 1 x 0 Grêmio-RS, o"Almirante" encerrou sequência, na capital gaúcha, de cinco insucessos ante o "Tricolor dos Pampas". O treinador Paulinho de Alemida, ex-lateral-direito vascaíno e gaúcho de nascimento, revelado pelo Internacional. Silva formava no ataque vascaíno ao lado de Tostão.
8 - 20.10.1979 - GUINA - 1 MINUTO  - Era o "Jogo 1" do Teste 465 da Loteria Esportiva e o Vasco estava na Coluna 1. Valeu, ainda, pela quarta rodada do terceiro turno do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro, no Maracanã. Naquele dia, o Vasco mandou 7 x 0 na Portuguesa da Ilha do Governador.
9 - 14.07.1983 - ADEMIR - 1 MINUTO - Em Vasco 3 x 2 Botafogo, no Maracanã. Este é o meia Ademir, que marcou  gol, contra o Cruzeiro-MG, na decisão do Campeonato Brasileiro-1974. Não confundir com o Ademir Menezes.

10 - 18.01.1998 - DONIZETE "PANTERA" - 1 MINUTO  -  Em Vasco 1 x 0 Bangu, pelo Campeonato Estadual, em São Januário.
11 - 06.08.2000 - VIOLA - 1 MINUTO  - Em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro-200, em São Januário. Terminou nos 3 x 3, com o Vasco cedendo o empate aos 46 da etapa final, após colocar 3 x 0 de frente.
12 - 01.04.2015 - THALLES - 1 MINUTO - Em Vasco 2 x 1 Rio Branco, na Arena da Floresta, em Rio Branco, no Acre, marcando a estreia vascaína em mais uma Copa do Brasil. Jogo em uma noite de quarta-feira da Semana Santa.  

13 -  18.06.1964 - LORICO - 2 MINUTOS - Gol marcado durante o amistoso Vasco 2 x 1 Bangu, no Estádio Proletário, em Moça Bonita, a casa do adversário. Daqui em diante, os dois clubes não se enfrentaram mais, amistosamente.

14 - 08.08.1964 - MÁRIO 'TILICO' - 2 MINUTOS - Em Vasco 3 x 3 São Cristóvão, no campo do "Santo", à Rua Figueira de Melo, pelo Campeonato Carioca.  O time era treinado por Duque e vinha fazendo uma campanha decepcionante no Estadual. 

15 – 08.03.1969 -  FIDÉLIS – 2 MINUTOS – Aconteceu no Maracanã, pela temporada estadual. O Vasco mando 4 x 1 no São Cristóvão, abrindo a conta durante a primeira subida ao ataque do seu lateral-direito. Se o juiz Aírton Vieira de Morais, o “Sansão”, não imaginava que veria o “garoto do placar” trabalhando tanto, naquele dia, o certo é que ele nem teve tempo de ver o “Santo” rezando para não levar uma golada. Coitado do goleiro Antônio José!
Delém marcou aos 3 minutos

16 - 18.07.1973 - ADEMIR - 2 MINUTOS -  No jogo Vasco 1 x 1 América, quem compareceu, novamente, bem rapidão à rede, foi o mesmo meia Ademir já citado mais acima,  no iten 3.
17 - 08.02.1975 - EDU COIMBRA - 2  MINUTOS - Em Vasco 2 x 1 Flamengo, valendo a Taça Cidade de Cabo Frio. O jogo foi em Arraial do Cabo, distrito de Cabo Frio, e não Estádio Hermenegildo Barcelos.
18 - 09.11.1980 - ROBERTO DINAMITE - 2 MINUTOS - O Vasco encarava o Botafogo, no Maracanã, pelo segundo turno do Estadual. Com a vitória, que não foi difícil, o time, líder, do técnico Mário Jorge Lobo Zagallo, abriu dois pontos a frente do segundo colocado, como 4 vitorias, em 4 jogos, marcando 8 e sofrendo apenas um gol.    
19 - 26.09.1982 – 2 MINUTOS - GEOVANE - Vasco 1 x 0 Madureira valeu pelo segundo turno do Estadual-RJ, em um domingo, em São Januário, em jogo assistido por 3.783 pagantes.  O mesmo Geovane marcou um outro gol com dois minutos de jogo, em 16.09.1984, em Vasco 3 x 0 Botafogo, também, na Colina. Foi batendo pênalti, diante de 4. 169 pagantes.  
20 - 29.03.1987 - PAULO ROBERTO - 2 MINUTOS - O lateral-direito gaúcho abriu o placar do jogo em que o Vasco venceu o Bangu, por 3 x 0,  pelo primeiro turno da Taça Guanabara, no Maracanã.

21 - 11.06.1987 - DUNGA - 2 MINUTOS - O gol foi marcado  pelo apoiador gaúcho, em Vasco 5 x 0 América mexicano, pela Taça Ouro,  no Coliseu, em Los Angeles, nos Estados Unidos.
   
22 - 18.04.1991 - SORATO - 2 MINUTOS - O atacante marcou em jogo dominical,  no Maracanã, nos 3 x 0 sobre o Botafogo, pelo Estadual-RJ. A galera prestigiou (41.147 pagantes) e o Vasco caprichou na mira do filó. Foi só o juiz Pedro Carlos Bregalda apitar o início da refrega, a rapaziada acender o pavio. 

23 - 31.10.1991 - JORGE LUÍS - 2 MINUTOS - O zagueiro,  que não era do ofício, resolveu subir ao ataque e balançou a roseira diante Goytacaz, de Campos-RJ, durante os 7 x 1 de uma quinta-feira, em São Januário, pela Taça Rio. 

24 - 29.10.1998 - MAURO GALVÃO - 2 MINUTOS - Em Vasco 3 x 1 Coritiba, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, em uma quinta--feira, em São Januário, perante 5.518 testemunhas. 
25 - 30.06.2010 - DEDÉ, 2 MINUTOS - OP zagueiro que teve o apelido de "Mito", em São Januário, marcou o gol rapidão em Vasco 3 x 0 Avaí-SC, n o estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela Copa da Hora, da qual o Vasco da Gama saiu campeão.  
26 - 23.02.2011 - FELIPPE BASTOS - 2 MINUTOS - Aconteceu em jogo da Copa do Brasil, disputado em São Januário. Naquele dia, o Vasco goleou o Comercial, de Campo Grande-MS, por 6 x 0.

27 - 03.08.2011 - DIEGO SOUZA - 2 MINUTOS -  Em jogo em uma noite de quarta-feira, em São Januário, valendo pela 14º rodada do Campeonato Brasileiro-2011. A vitória deixou o Vasco a quatro pontos da liderança, em terceiro lugar.  

28 - 16.10.2011 - ELTON - 2 MINUTOS - Em Vasco 2 x 0 Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro.

29 - 24.10.2013 - THALLES - 2 MINUTOS - Em Vasco 3 x 2 Goiás, pela Copa do Brasil, em uma noite de quinta-feira, no Maracanã.

30 - 21.10.1956 – VÁLTER MARCIANO – 3 MINUTOS – Naquele dia, o Vasco não teve pena da Portuguesa-RJ. Valia pelo Campeonato Carioca e o meia Válter Marciano, com muita pressa, chegou da “cidadela” defendida pelo goleiro Antoninho, quando este ainda nem havia trabalhado. Trabalhou indo ao fundo da rede, no estádio da Rua Campos Sales.
31 - 07.08.1960 – DELÉM – 3 MINUTOS – Placar magro, no campinho da Rua General Severiano. O centroavante paulista, que todo mundo achava que fosse gaúcho, não perdoou o Olaria:  Vasco 1 x 0.  

32 - 28.01.1987 - VIVINHO - 3 MINUTOS - O ponteiro-direito que marcou gol de placa, em São Januário, foi à rede em Vasco 3 x 1 Ceará Sporting, pela  sétima rodada do Campeonato Brasileiro de 1987.

33 - 18.03.1987 - ROMÁRIO - 3 MINUTOS - O Baixinho" formou dupla fatal, com Roberto Dinamite, e deixou duas bolas não filó, em Vasco 4 x 1 Mesquita, pelo Estadual.

34 - 29.10.1992 - BISMARCK - 3 MINUTOS - Em São Januário, pelo segundo turno do Estadual, em Vasco 3 x 2 Volta Redonda. O gol foi presenciado por 1.165 pagantes.

35 - 28.01.1951 – ADEMIR MENEZES – 4 MINUTOS – O maior ídolo da torcida vascaína (antes de Roberto Dinamite) não poderia ficar de fora deste time. Inscreveu o seu nome em uma tarde de domingo, no Maracanã, pelo Campeonato Carioca, em Vasco 2 x 1 América, diante de mais de 104 mil almas. 

36 - 27.12. 1961 – ROBERTO PINTO - 4 MINUTOS –  Marcado em Vasco 2 x 1 São Cristóvão, em Figueira de Mello, a casa do rival. Detalhe: além de Roberto Pinto ter cantado de galo, as coisas ficaram russas para Russo, atacante do “Santo”. Levou uma bolada no peito e saiu de campo desacordado. Quando acordou, tinha perdido dois pontos.  

35 - 12.07.1964 – CÉLIO TAVEIRA - 4 MINUTOS - Em Vasco 2 X 2 Campo Grande, no  Estádio Ítalo del Cima, do adversário. Foi o segundo jogo vascaíno no Campeonato Carioca daquela temporada, quando começou dirigido pelo técnico Duque (David Ferreira), que foi trocado, depois, pelo ex-zagueiro cruzmaltino Eluy do Amparo.

37 - 17.12.1950 – MANECA – 5 MINUTOS – Naquele dia, o glorioso baiano Manoel Marinho deixou dois na caçapa do Canto do Rio, em Vasco 4 x 2, no boteco do parceiro, isto é, o estádio Caio Martins, em Niterói. Quem chorou? O goleiro Joel. Maneca foi um dos grandes nomes do “Expresso da Vitória”.  

38 -  01.12.1961 – SABARÁ – 5 MINUTOS – O ponta-direita vascaíno, que ganhou este apelido, porque os amigos dos tempos de garoto o achavam com cara e cor de jabuticaba, acionou o choro do goleiro Pompeia, em Vasco 3 x 2 América, no Maracanã, quando o “Diabo” ainda infernizava nos Campeonatos Cariocas. Mereceu figurar no time dos “Ligeirinhos das Colina”, pois é um dos cinco que mais participou das refregas do “Almirante”.

39 - 01.10.1964 - CÉLIO TAVEIRA - 5 MINUTOS - Na ocasião, o time do treinador Ely do Amparo estava estreando no returno do Campeonato Carioca e venceu o Campo Grande, por 2 x 0.

40 - 26.09.1982 – Vasco 1 x 0 Madureira teve placar pequeno, mas foi jogo importante porque a rapaziada aumentou, para 40, a sequência de jogos sem tropeços diante do "Tricolor Suburbano", pelo Campeonato Estadual. Aconteceu em um domingo, em São Januário, pelo segundo turno da temporada-1982, com gol marcado por Geovani, aos 2 minutos do segundo tempo. Apitada por Pedro Carlos Bregalda, a contenda teve 3.783 pagantes. O treinador Antônio Lopes convocou a luta:  Mazaropi, Rosemiro, Nei, Celso e Pedrinho; Oliveira, Dudu e Giovani (Ernâni); Pedrinho Gaúcho. Palhinha e Zé Luís (Marquinho). Téc­nico: Antônio Lopes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário