Vasco

Vasco

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

HISTORI & LENDAS DA COLINA - MARMG

 1 - A primeira vez em que o time vascaíno concentrou-se para um descanso total foi em 1923, na cidade mineira de Mar de Espanha. O local, a estância hidromineral da Fazenda Rocha, foi oferecido por um associado do clube, o historiador cruzmaltino José da Silva Rocha, o Rochinha, que viria a ser o 35º a presidir o clube, em 1963.
MESMO COM O MAR ABERTO NO RIO DE JANEIRO, O "ALMIRANTE" PREFERIU O MAR DE MINAS GERAIS, ONDE NÃO TEM MAR.

2 - Nos inícios dos Campeonatos Cariocas, os árbitros era indicados pelos clubes. Entre outros, o Vasco indicou Francisco Alberto da Costa, Eduardo Pinto da Fonseca, Mílton de Castro Menezes, Carlos Gomes de Farias, Paiva Anciães, José Pereira Peixoto, José Pinto Lopes e Diogo Rangel. Já o primeiro representante vascaíno fora do Rio de Janeiro foi Achilles Astuto, “embaixador” junto à entidade paulista de remo, em 1925.

3 -Locais onde os vascaínos já se alojaram:: Rua Teófilo Otoni Nº 89; Clube Dançante e Recreativo Estudantino Arcas Comercial, no Largo do Capim; Sociedade Dramática Filhos de Talma à Rua da Saúde Nº 293, onde ocorreu a fundação, em 1898; Ilha das Moças; Travessa Maia Nº 15; Rua do Passeio Nº 18; Rua Santa Luzia; Sede do Calabouço,; sede náutica na Lagoa Rodrigo de Freitas.a Edifício Cineac 9º andar, na Avenida Rio Branco Nº 185, e Rua General Almério de Moura.

4 - Vascaína, entre 1936 a 1938, e especialista em nado livre, Piedade de Azevedo Coutinho da Silva Tavares foi uma das maiores nadadores brasileiras. Carioca – 02.05.1920 a 16.04. 2007 –, durante as Olimpíadas de Berlim-1936, aos 16 anos de idade, tornou-se a primeira brasileira finalista de uma prova olímpica nas piscinas. Obteve o quinto lugar nos 400 metros livres, com 5min35seg5dec. A marca, só i quebrada pelas brasileiras, em 2004, valeu-lhe a publicação, pelo jornal "O Globo", da primeira telefoto em um diário noticioso do país. Em 1938, ela foi capa da revista "Sport Ilustrado ".

 5 - Em 21 de gosto de 1948, o Vasco comemorou o seu cinquentenário. Três dias antes de apagar as velinhas, recebeu a visita do São Cristóvão, em São Januário, e o venceu, por 3 x 1, pelo primeiro turno do Campeonato Carioca, com gols marcados por Maneca (2) e Dimas. A rapaziada da festa: Barbosa, Augusto e Wilson; Eli, Danilo e Alfredo; Maneca, Ademir Menezes, Dimas, Tuta e Chico. 
6 - Em 1989, o Vasco ficou centenário. O jogo de futebol mais próximo de sua data festiva rolou em um 18 de agosto, vencendo o Grêmio, pela Taça Libertadores, em São Januário, por 1 x 0. Em 2008, nos 110 anos de estrada, a comemoração foi uma festa portuguesa, com certeza. Jogou contra a paulistana Associação Portuguesa de Desportos,  e empatou, por 1 x 1, na casa do adversário. Alex Teixeira, aos 12 minutos do segundo tempo, balançou o filó para o time que tinha: Roberto, Wagner Diniz, Jorge Luís, Eduardo Luís, Jonilson, Rodrigo Antônio e Alex Teixeira (Vilson), Edu, Marquinho, Alan Kardeck (Jean) e Edmundo (Madson).  

7 - Em 2013, comemorando 115 anos, o jogo vascaíno mais próximo da data de fundação foi em 20 de agosto, vencendo o amazonense Nacional, em Manaus, no estádio do SESI, com dois gols do equatoriano Tenório, aos 43 min do 1º tempo e aos 45 da etapa final. Turma vencedora: Diogo Silva; Fagner, Jomar, Cris e Henrique (Yotún); Abuda, Wendel (Montoya), Pedro Ken e Fillipe Soutto; Eder Luis (Edmílson) e Tenorio. Técnico: Dorival Júnior.
8 - O Vasco disputou o último jogo no Rio de Janeiro capital brasileira. Foi em 19 de abril de 1960, vencendo o Palmeiras, porf 3 x 0, no Maracanã, pelo Torneiio Rio São Paulo. Delém (2) e Cabrita marcaram os gols O time foi: Miguel; Dario, Bellini e Coronel; Écio e Orlando (Barbosinha); Sabará, Waldemar, Delém, Roberto Pinto (Cabrita)  e Ronaldo. O apito esteve com Olten Aires de abreu, da Federação Paulista de Futebol, a renda somou Cr$ 258 mil, 605 cruzeiros. Público não informado.

9 - O Vasco fez, também, o primeiro jogo do novo Estado da Guanabara. Rolou em 24 de abril de 10960, nomesmo Maracanã, e pelomesmo Torneio Ri0-São Paulo, empatndo com o Santos, por 0 x 0. Pela  “Turma da Colina” estiveram: Barbosa; Dario, Bellini e Coronel; Barbosinha (Brito) e Écio; Sabará, Waldemar, Delem (Cabrita), Pinga e Roberto Peniche. Do outro lado, “Ele”, o glorioso “Rei do Futebol”, entrou nesta escalação: Laércio; Feijó, Mauro e Dalmo; Calvet e Zito; Dorval, Mengálvio, Coutinho (Ney), Pelé e Pepe (Tite). A renda foi de Cr$ 656 mil e 519 cruzeiros e o apito de um sujeito que entrou para a história do futebol brasileiro por ter sido o primeiro a expulsar Pelé de campo: Catão Montez Junior.
10 - Em 31 de março de 1928, o Vasco enfrentou o uruguaio Montevidéu Wanderers, para inaugurar as arquibancadas atrás de uma das balizas e os refletores do seu estádio. Venceu, por 1 x 0, com um gol olímpico de Sant'Anna, no segundo tempo. Torcedores fanáticos dizem que foi o primeiro do mundo, naquela situação. Lenda! Pode ter sido o primeiro do Brasil, pois em 2 de outubro de 1924, em Argentina 2 x 1 Uruguai, o argentino Onzari já havia marcado o gol batizado por “olímpico”, um sarro nos uruguaios que, em junho, haviam voltado da França com a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário