Vasco

Vasco

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

O VACO NOSSO DE CADA DIA - 19.12

Feitiço abriu a porteira; Armando passou por ela; Niginho foi às redes e mexeu duas vezes no filó, e Romualdo encerrou a brincadeira.
 Era 19 de dezembro e o Vasco goleou a Portuguesa, por 4 x1, pelo segundo turno do Campeoanto Carioca de 1937, no estádio da Rua Figueira de Mello, em jogo apitado por Edmundo Gomes. Rapaziada impiedosa! Ela foi: Joel, Poroto e Italia; Oscarino, Zarzur e Calocero; Armandinho, Alfredo, Niginho (Gabardinho), Feitiço e Luna.
Em 1939, a data registra uma outra goleada: 5 x 2, amistosamente, sobre o argentino Independiente,  com os “hermanos” Gandula (no círculo) e Villadoniga comparecendo às redes dos patrícios. Alfredo II, Lindo e Érico completaram a balaiada. 
Quem deu um trabalhão à “Turma da Colina” nos “19 do 12” foi o Villa Nova, da mineira Nova Lima, em 1953. Se bem que, naquele ano, o Vasco havia virado a sua mais bela página da história, recolhendo o do “Expresso da Vitória”, para iniciar a entressafra que só daria  frutos em 1956, com a conquista do título carioca.
Convidado para um amistoso, em um sábado, em São Januário, o alvirrubro mineiro vendeu, caro, aos vascaínos, uma derrota, por 2 x 1. Aliás, nas três vezes em que ecarou o Leão do Bonfim, o Vasco passou apertos. Além deste resutlado, da primeira vez em que se cruzaram, empatou, por 2 x 2, na  terça-feira 21 de abril de 1964, e venceu, por 2 x 0,  no domingo 21 de maio de 1978, na única partida oficial deles.
Este jogo valeu pela segunda fase do Campeonato Brasileiro e foi em São Januário, assistido por   8.446 pagantes, que pagaram Cr$ 276.420,00 para ver os gols de Paulinho, aos três minutos do primeiro tempo e de Alcides, aos 29 do segundo. Almir Ricci Peixoto Laguna (PR) apitou, Orlando Fantoni era o treinador e o time vascaíno foi: Mazaropi; Orlando ‘Lelé’, Geraldo, Gaúcho e Marco Antônio; Zé Mario, Helinho e Zanata; Gina, Pauinho e Ramon (Alcides).
E, como sempre é convidado para amistosos, em 19 de dezembro de 1974, o Vasco foi ao Espírito Santo e casou 2 x 0 em cima do Santo Antônio, no estádio Engenheiro Araripe, em Vitória.
VASCODATA: 19.12.1937 – Vasco 4 x 1 Portuguesa-RJ; 19.12.1939 – Vasco 5 x 2 Independiente-ARG; 19.12.1953 – Vasco 2 x 1 Villa Nova-MG; 19.12.1974 – Vasco 2 x 0 Santo Antônio-ES. (foto reproduzida do blog http://www.robsonpires.xerife.com/). Agradecimentos

Nenhum comentário:

Postar um comentário