Vasco

Vasco

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

O VASCO NOSSO DE CADA DIA - 24.11

Na data de hoje, comemora-se, na Colina, o terceiro título vascaíno de campeão carioca. Portanto, data importantíssima na história do "Almirante". Quanto aos rivais, o Bangu mostra-se insistente. Já levou três cascudos nos 24 de novembro. Mas o América-RJ pagou pato maior. Até o "hermano" o Boca Juniors, o "peixeiro" Santos e o Bahia entram nessa. Coisa pra conferir:
 
VASCO 5 X 0 AMÉRICA - Finais do Campeonato  Carioca-1929, promovido pela Associação Metropolitana de Esportes Athléticos e disputado por 11 times, em dois turnos. Vascaínos e americanos empatando as duas primeiras partidas decisivas, por 0 x 0 e 1 x 1. Na finalíssima, no estádio das Laranjeiras, apitada por Artur de Moraes e Casstro, o centroavante Russinho foi o "cara", marcando três gols, dois no primeiro e mais um no segundo tempo – Mário Mattos e Sant´Anna completaram a balaiada na etapa final. Para carregar o caneco, o  "Almirante" disputou 23 jogos, vencendo 15, empatando 7 e escorregando em apenas uma.  Marcou 60 e  sofreu 24 tentos. O time da finalíssima, escalado por Harry Welfare, teve: Jaguaré, Brilhante e Itália; Tinoco, Fausto e Mola; Paschoal, Carlos Paes, Russinho, Mário Mattos e Sant´Anna.     
  
VASCO 3 x 2 BANGU –  Vitória com a  força do "hermano"  Gonzalez, indo às redes por duas vezes - Orlando fez o outro, em um domingo, com bola rolando no estádio da Rua Ferrer. O apito esteve com Guilherme Gomes e o pega valeu pelo Campeonato Carioca-1940, quando o treinador da rapaziada ainda era o inglês Harry Welfare, que escalou para aquela jornada: Chiquinho, Jahu, Florindo, Zarzur, Argemiro, Alfredo I, Lindo, Manuel Rocha, Villadóniga, Gonzalez e Orlando.
 
VASCO 3 X  0 BOCA JUNIORS - Um sábado de glória para o meia-atacante Ipojucan. Ele marcou dois gols na vitória sobre os "hermano", amistosamente, em 1951, no Maracanã – Friaça fechou o placar do jogo em que o comandante cruzmaltino era Oto Glória. Ele escalou: Barbosa, Augusto e Clarel; Ely (Bira), Danilo e Jorge; Tesourinha, Ipojucan, Friaça (Amorim) (Edmur), Jansen e Chico (Djayr). Foi o terceiro dos cinco amistosos disputados pelos dois times, com uma vitória para cada lado e três empates. No geral, prélio 1.321 da história cruzmaltina.    
 
VASCO 2 X 1 SANTOS - Pinga e Vavá foram à Vila Belmiro e cozinharam o "Peixe" na rede, neste que foi o nono amistoso entre os dois times. Esteban Marino apitou este que foi o jogo 1.502 da história da "Turma da Colina", que alinhou: Barbosa, Paulinho de Almeida e Elias; Ely, Laerte e Dario; Sabará (Vavá), Ademir Menezes (Amauri)(Mirim), Maneca (Alvinho), Pinga e Parodi.       
 
VASCO 3 X 0 CANTO DO RIO - Neste jogo, em São Januário, pelo Campeonato Carioca-1957, a rapaziada completou 23 partidas sem perder do adversário de Niterói, atingindo 31 vitórias, em 35 confrontos da disputa estadual. Wilson Moreira (2) e Almir 'Pernambuquinho' foram os homens nas malhas do "Cantusca", com time dirigido por Martim Francisco e formando com:  Carlos Alberto Cavalheiro, Paulinho de Almeida e Bellini; Orlando, Écio e Coronel; Sabará, Rubens, Wilson Moreira, Almir e Pinga.  
 
VASCO 2 X 1 BAHIA - Em 1959, partida da primeira Taça Brasil, que classificava dois times brasileiros à Taça Libertadores da América. O "Almirante" foi à Fonte Nova, em Salvador, vencer o "Tricolor de Aço", diante de 40 mil pagantes que proporcionaram a incomum renda na Bahia, de Cr$ 1 milhão, 818 mil,160 cruzeiros. O carioca Antônio Viug apitou e os gols vascaínos foram marcados por Roberto Pinto, aos 60, e Delem, aos 79 minutos. O treinador da rapaziada era o ex-goleiro cruzmatino Yustrich (Dorival Knippel, da década-1930), que escalou: Miguel, Dario e Bellini; Écio, Russo e Coronel; Sabará, Almir, Delém. Roberto Pinto e Pinga.
 
 VASCO 2 X 1 BANGU - Taça Adolpho Bloch-1990, em homenagem a um empresário do ramo jornalístico carioca. Partida jogada no Estádio Caio Martins, em Niterói, em um sábado, com apito de Nílton Dantas Louzada e gols vascaínos marcados por Sorato e William. O técnico Mário Jorge Lobo Zagallo escalou assim a rapaziada: Carlos Germano; Dedé França), Tosin, Jorge Luís e Cássio; Zé do Carmo, Luciano e Marco Antônio 'Boiadeiro'; Sérgio Araújo, Sorato e William.   
 
 VASCO 1 X 0 BANGU -  Estadual-RJ, em uma terça-feira, em São Januário,  na presença de 11.255 pagantes. Valdir "Bigode" balançou a roseira e a galera treinada por Joel Santana participou do duelo 150 entre os dois times, pela temporada oficial carioca, com o "Almirante" guiado por: Carlos Germano, Cássio (Pimentel), Jorge Luís, Sidney, Tinho, Eduardo, Luisinho Quintanilha, Carlos Alberto Dias (Geovani), Luciano, Valdir e Roberto Dinamite.  
   
A VASCODATA 24 de novembro tem mais: Vasco 1 x 1 Flamengo, em 1938; Vasco 1 x 1 Vitória-BA, em 1999; Vasco 1 X 1 Flamengo, em 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário