Vasco

Vasco

segunda-feira, 1 de maio de 2017

VASCO DAS CAPAS - 'XERIFE' BRITO

O zagueiro Brito, revelação de São Januário, foi capa da "Revista do Esporte" Nº 528, de 19 de abril de 1969, quando a "Seleção iniciou caminho que leva ao México", como dizia a manchete embaixo da sua foto.
Na antepenúltima folha (48, de um total de 50), acima do expediente, à esquerda, a publicação afirmava: "Brito, do Vasco, parecia definitivamente cortado da Seleção do Brasil, depois da última excursão sob o comando de Aimoré. Agora, no novo esquema, com João Saldanha, Brito retorna e tem chances de ganhar a posição no elenco".
Na matéria das páginas 4 e 5, a "RE" falava da convocação de 17 atletas para os treinos com vistas às Eliminatórias da Copa do Mundo de 1970 e informava que Saldanha não fazia segredo do seu "time-padrão": Felix; Carlos Alberto Torres, Brito, Djalma Dias e Rildo; Wilson Piazza, Dirceu Lopes e Gérson; Jairzinho, Pelé e Tostão.
Se Aymoré Moreira não contava mais com Brito, Saldanha o teve como o "xerifão" da zaga tricampeã na Copa-70.
Hércules Brito Ruas, nascido em 9 de agosto de 1939, no Rio de Janeiro, disputou 60 jogos pelo escrete canarinho", com 45 vitórias, 10 empates e 5 derrotas. Foi campeão da Copa do Mundo-1970, da Copa Roca-1971 e da Taça Sesquicentenário da Independência do Brasil-1972.

Nenhum comentário:

Postar um comentário