Vasco

Vasco

sexta-feira, 5 de maio de 2017

TRAGÉDIAS DA COLINA- 1966

    Em 1966, o Vasco “abusou de do direito” de passar muito tempo sem fazer a sua galeras molhar o pescoço por dentro, por conta da casa. Um tempinho que nenhum torcedor cruzmaltino gosta de lembrar.
     Pra começo de conversa, entre 11 de janeiro e 3 de fevereiro, a rapaziada ficou 450 minutos sem sair de campo na frente do placar – 0 x 0 América-MEX;  0 x 3 Guadalajara-MEX;  0 x 2 Atlas-MEX; 2 x 2 Sparta-TCH e 0 x 2 Alemanha Oriental. O segundo jejum de vitórias durou 270 minutos, entre 13 e 20 de março – 1 x 2 Palmeiras: 1 x 1 Flamengo e 2 x 5 Santos. O terceiro, foi mais ameno: 180 minutos, entre 27 e 30 de março – 0 x 3 Botafogo e 0 x 1 Real Madrid-ESP.
    De 10 de abril a 9 de maio, o jejum já foi bem maior: 540 minutos –  1 x 1 Americano-RJ; 1 x 3 Camarões-CAM; 1x 1 Nacional Douala-CAM; 1 x 4 Steua Bucareste-ROM; 1 x 1 Lausanne-SUI e 2 x 2 Dukla Praha-TRCH.  Em 18 de maio, rolaram mais 90 minutos sem vitórias,  devido aos 0 x 2 Lugano-SUI. Depois, o bicho pegou mais pesado: 720 minutos de insucessos –  1 x 2 Napoli-ITA; 1 x 2 Arezzo-ITA; 2 x 3 Girondins-FRA; 1 x 1 Barcelona-ESP; 1 x 3 Sabadell-ESP; 0 x 2 Anderlecht-BEL; 1 x 1 Sparta-TCH e 1 x 2 Lens-FRA.
    Mais 90 minutos foram incluídos na conta, em 31 de julho – 1 x 2 Democrata de Governador Valadares-MG –, para serem seguidos por mais 450, entre 14 de agosto e 7 de setembro –  0 x 1 Flamengo; 1 x 1 Bonsucesso; 0 x 2 Botafogo; 0x 3 Fluminense e 1 x 2 Botafogo. Em 29 de setembro, mais 90 minutos de escorregadas –  0 x 2 América-RJ.
    De 8 de outubro a 10 de novembro, veio a segunda sequência de oito jogos sem vencer, ou 720 minutos – 0 x 0 Flamengo; 0 x0 Bangu; 1 x 2 Fluminense; 1 x 2 Botafogo; 1 x 2 Bonsucesso; 1 x 1 Fluminense; 1 x 2 Flamengo e 0 x 3 América-RJ.  Em 13 de novembro, a rapaziada interrompeu aquela “inimizada com as vitórias”, vencendo o Fluminense de Feira de Santana, por 1 x 0, com gol contra de zagueiro, aos 44 minutos do segundo tempo.    
   Na época, a coluna “Pênalti”, de Otelo Caçador, em “O Globo”, disse que o Vasco havia ido à Bahia tirar a ziquizira. Nem tanto, pois o time ainda ficou mais 90 minutos sem ganhar, em 19 de novembro – 0 x 2 Flamengo – e em 3 de dezembro – 0 x 3 Bangu. Realmente, uma temporada para ser esquecida: 3.590 minutos sem vencer, de um total de 6.390 disputados. Mais da metade no “preju”.     

Nenhum comentário:

Postar um comentário