Vasco

Vasco

domingo, 26 de fevereiro de 2012

CALENDÁRIO DA COLINA - 26 DE FEVEREIRO

A data de 26 de fevereiro é “tri” para os cruzmaltinos; 3 x 0 Goytacaz-RJ; 3 x 1 Madureira e 3 x 1 Uberlândia. Trilegal!
Vasco 3 x  1  Uberlândia foi um amistoso dominical, em 1978,  na casa do convidante, o Parque do Sabiá, no Triângulo Mineiro. Tudo “tri”.  Paulinho (2) e Roberto Dinamite balançaram as redes, com o Vasco, treinado por Orlando Fantoni, jogando com: Mazaropi; Gaúcho, Marcelo, Geraldo e Marco Antônio; Zé Mário, Paulo Roberto e Guina; Capitão, Roberto Dinamite e Paulinho.
Vasco 3 x 1 Madureira  rolou pela 10ª rodada da primeira fase do Estadual-RJ-2003, no estádio da Rua conselheiro Galvão, na tarde de uma quarta-feira. Marcelinho Carioca, aos 29, e Edinho, aos 35 minutos, balançaram o filó, no primeiro tempo. Petkovic, aos 16 da fase final, fechou a escritura. Antônio Lopes era o treinador e o time foi: Fábio; Wellington Monteiro, Alex, Wellington Paulo e Edinho (Claudemir); Bruno Lazaroni, Henrique (Rodrigo Souto)e Petkovic; Marcelinho Carioca, Valdir e Sousa (Cadu).
 
 DUNGA CRUZMALTINO - Carlos Caetano Bledorn Verri, o volante Dunga vestiu a camisa cruzmaltina, pela primeira vez, em 26 de fevereiro de 1987, diante do Goytacaz, de Campos-RJ. Na estreia, já foi advertido com o cartão amarelo – o único do time – e não atuou por todo o jogo, sendo substituído por Mazinho.
Repetidor do gesto, de 1958, do zagueiro vascaíno Bellini, na Copa do Mundo da Suécia, Dunga ergueu a "taça do mundo”, em 1994, como o capitão da Seleção Brasileira do Mundial dos Estados Unidos. Pela “Turma da Colina” fez 17 jogos e um gol.
Na estreia, Dunga viu o lateral-esquerdo Lira, aos 25, e  Vivinho, aos 42 minutos do primeiro tempo, e  Romário, aos 10 do segundo, balançando o filó. O jogo rolou em São Januário, valendo pelo Campeonato Estadual do Rio de Janeiro, teve apito de Aluísio Viug e  público de 1.499 pagantes. Quem comandava a rapaziada era o ex-zagueiro da Cruz de Cristo, Joel Santana, que escalou: Acácio; Milton Mendes, Moroni, Donato e Lira; Dunga (Mazinho), Geovani e Vivinho; Mauricinho, Romário e Zé Sérgio (William).
Obs: sobre a vitória contra o “Goyta” você vai ler na matéria de baixo. Combinado?

DESFILES BANGU -  A data 26 e fevereiro marca, também, a vitória, por 1 x 0, sobre o Bangu, em 1966, pelo  Torneio Rio-São Paulo, em um sábado, no Maracanã. O ex-vascaíno Roberto Pinto, contra as próprias redes, marcou o gol do jogo apitado por José Aldo Pereira, que teve 13.964 pagantes. O Vasco era dirigido por “Seu Zezé Moreira”, que escalou: Pedro Paulo; Joel, Brito, Fontana e Oldair,  Maranhão e Lorico; Luisinho, Danilo Menezes, Célio e Zezinho.  
Vasco e Bangu se encontraram em cinco ocasiões, pelo Torneio Rio-São Paulo. Foi um desfile, isto é, um passeio vascaínos, com goleadas por 5 x 0 e 5 x 1. Confira: 28.05.1933 0 – Vasco 2 x 1; 27.08.1933 – Vasco 3 x 0; 11.03.1951 – Vasco 4 x 3; 06.02.1952 – Vasco 3 x 3 Bangu; 10.05.1953 – Vasco 5 x 0; 03.05.1964 -  Vasco 1 x 2 Bangu; 26.02.1966 – Vasco 1 x 0; 07.04.2002 – Vasco 5 x 1 Bangu.   
 

 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário