Vasco

Vasco

sábado, 4 de fevereiro de 2012

CALENDÁRIO DA COLINA - 4 DE FEVEREIRO


Em décadas passadas, quando pintava pelas bandas nordestinas brasileiras, o Vasco fazia mais sucesso do que Waldick Soriano, aquele cantor baiano que arrasava pela região. Arriegua! Por exemplo, em 1962 e em 1965, usou o escore de 3 x 1 para bater, respectivamente, no Sergipe e no Sport Recife.
O primeiro foi abatido em 4 de fevereiro, um domingo, em Aracaju, com gols do atacante pernambucano Vevé (2) e do zagueiro Nivaldo, um sujeito que tinha um petardo no pé bom de chute. De sua parte o rubro-negro de Recife foi chicoteado dentro de sua jaula, em uma quinta-feira, durante o torneio comemorativo dos 50 anos da Federação Pernambucana a de Futebol.
Aquele jogo, no Estádio Adelmar Carvalho, na Ilha do Retiro, em  Recife, teve apito de Sebastião Rufino, tendo o "Almirante" amansado o "Leão" com petelecos de Saulzinho, aos 18 minutos do primeiro tempo, e de Célio, aos 12, e de Lorico, aos 30 da etapa final. O time, treinado pro Zezé Moreira, alinhou: Levis; Joel, Brito (Caxias), Fontana (Pereira) e Barbosinha; Maranhão e Lorico (Quincas); Luizinho Goiano, Saulzinho (Mário "Tilico"), Célio e Zezinho (Joãozinho).
Um outro rubro-negro nordestino que entrou na peia vascaína em um 4 de fevereiro foi o Flamengo do Pauí. Mas só por 1 x 0, em 2004, em uma quarta-feira, no Estádio Governador Alberto Silva, pela Copa do Brasil. Rodrigo Souto marcou o gol do jogo apitado pelo pernambucano Rogério Vieira de Oliveira e testemunhados por 8.340 piauienses que gastaram R$ 48.795,00. Geninho era ao treinador e o time da época este: Fábio; Claudemir, Wesley, Santiago e Victor Boleta; Morais, Ygor, Júnior e Rodrigo Souto; Léo Macaé (Robson Luiz) e Valdir ‘Bigode’.
REPETECO - Nos 4 e fevereiro, o Vasco já bateu e repetiu a batida. Em 2009, mandou 3 x 1 no Resende. No ano seguinte, 1 x 0 com as duas refregas valendo pela Taça Guanabara. Da primeira vez, em uma quarta-feira, rolava a quarta rodada da Taça GB, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda-RJ, com 4.786 pagantes (total de 5.522 presentes) e renda de R$ 67.470,00. Eduardo de Souza Couto apitou e os gols cruzmaltinos foram de Nilton, aos 42 minutos do primeiro tempo; Tiago, aos 25, e Rodrigo Pimpão, aos 32 da etapa final. Dorival Júnior era o treinador. O time? Tiago; Paulo Sérgio, Fernando, Titi e Ramon; Amaral, Nilton, Jéferson (Faioli) e Fernandinho (Élton); Alex Teixeira (Fernando Galhardo), Rodrigo Pimpão.
Em 2010, em uma quinta-feira, já valeu pela sexta rodada da mesma Taça GB, no mesmo estádio, com gol de Dodô, aos 17 minutos do primeiro tempo, diante de 4.974 torcedores, que pagaram R$ 83.240,00, ao som do apito de Antonio Frederico Maciel dos Santos. O time vascaíno, treinado por Vágner Masncini, foi: Fernando Prass; Elder Granja, Fernando (Thiago Martinelli), Titi, Marcio Careca, Rafael Carioca, Souza, Léo Gago (Magno), Carlos Alberto (Robinho), Philippe Coutinho, Dodô.
De volta ao final dos “anos dourados”, no 4 de fevereiro de 1959, a “Turma da Colina” chamou o Bonsucesso para um amistoso, em São Januário. Mandou 2 x 1, com gols de Osvaldo e de Livinho. Gradim (Francisco de Sousa Ferreira) era o treinador e aquela foi o quarto amistoso entre os dois clubes. No total, foram seis, com três goleadas. Confira: 28.12.1941 – 4 X 2 Bonsucesso; 21.05.1944 - 10 X 0; 14.05.1954 - 5 X 1; 04.02.1959 - Vasco 2 X 1; 30.06.1960 - 6 x 1; 26.04.1975 - 1 X 1.
VASCODATA: 04.02.1959 – Vasco 2 x 1 Bonsucesso; 04.02.1962 –Vasco 3 x 1 Sergipe; 04.02.1965 – Vasco 3 x 1 Sport-PE; 04.02.1979 – Vasco 2 x 0 Atlético-GO; 04.02.1981 – Vasco 4 x 1 Colatina-ES; 04.02.1996 - Vasco 1 x 1 Bangu; 04.02.2004– Vasco 1 x 0 Flamengo-PI; 04.02.2009 - Vasco 3 x 1 Resende; 04.02.2010 - Vasco 1 x 0 Resende




 



Nenhum comentário:

Postar um comentário