Vasco

Vasco

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

CALENDÁRIO DA COLINA - NOVEMBRO, 12

Nos registros das navegações do “Almirante” há de tudo. Inclusive, vitória com mão-dupla. E o que poderia haver de comum entre as suas temporadas-1978 e 1987? A inversão dos dois últimos números, certo? De cara, certíssimo! Mas há um outro detalhe: vitórias cruzmaltinas na data 12 de novembro daqueles dois anos, com três chegadas à redes. Amansou os chifres do “Diabo” e botou legal nos “Coxas. Vamos conferir estas sacanagens:

VASCO 3 X 1 AMÉRICA é uma história maluquete. Há pesquisadores que lançam a data 12 de novembro de 1933, por duas vezes, em seus mapas, para registrar a vitória vascaína citada acima. Já houve dois jogos da “Turma da Colina” em um mesmo dia, mas com duas formações diferentes.  Não foi o caso, do 12 do 11 aqui tratado. O barato era que, nos primeiros Torneios Rio-São Paulo da década de 1930, as partidas valiam, também, pelos campeonatos estaduais dos dois estados. O triunfo cruzmaltino sobre o" Diabo Rubro", com “mão-dupla”, aconteceu eu em um domingo, na casa do adversário, na carioquíssima Rua Campos Salles, com os três gols marcados por  Russinho, sendo dois no primeiro tempo. O time infernal teve: Rey, Lino e Itália; Gringo, Fausto e Mola; Bahianinho, Almir, Russinho, Carnieri e Carreiro. Mas esta rapaziada não foi bem naquele RJ-SP-1933,  terminando em quinto lugar, com 24 pontos, tirados de 10 vitórias e quatro empates, em 22 jogos, marcando 44 e sofrendo 31 gols. Ficou à frente de Corinthians (22),  Fluminense (20), América-RJ (18), Santos (17), Bonsucesso (16), AA.São Bento (13) e Ypiranga-SP (5 pontos). 

VASCO 1 X 0 OLARIA - 1961

VASCO 1 X 1 CORITIBA – Em uma quarta-feira, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro-1987. O apito esteve com Romualdo Arppi Filho-SP,  público foi decepcionante, de 2.058 pagantes, e renda de Cz$ 172 mil, 460 cruzados. Romário, aos 32 minutos do primeiro tempo, e  Roberto Dinamite, aos 38 e aos 44 da etapa final, foram às redes.  Sebastião Lazaroni comandava o time vascaíno e a formação teve: Acácio; Paulo Roberto, Donato, Moroni e Mazinho; Humberto, Geovani e William (Osvaldo); Mauricinho, Roberto Dinamite e Romário (Vivinho).

VASCO 3 x 1 AMÉRICA-RJ valeu pelo segundo turno do Estadual-1978, em um domingo, no Maracanã. Por aquele tempo, era pequeno o público de 27.255  pagantes. Ramon, aos 36 minutos do primeiro tempo abriu a festa. Roberto Dinamite (foto), aos 25, e Paulo Roberto, aos 42 da última parte, fecharam o espetáculo. Orlando Fantoni era o treinador cruzmaltino e o time dele tocou o rebu por conta de: Leão; Orlando ‘Lelé’ (Fernando)  Abel Braga, Gaúcho e Paulo César; Helinho, Guina e Washington Oliveira (Paulo Roberto); Ramon Pernambucano, Carlos Alberto Garcia, Roberto Dinamite. 

VASCO 3 X 1 VOLTA REDONDA - Marco Antônio, Marquinho e Katinha foram às redes do Estádio Raulino de Oliveira, a casa do adversário, pelo Estadual-1980, em uma quarta-feira. O treinador Mário Jorge Lobo Zagallo escalou para vencer: Mazaropi: Brasinha, Orlando 'Lelé",  Léo e Marco Antônio; Pintinho, Guina e Marquinho; Wilsinho, Katinha, Roberto e Silvinho.  Até ali, pela competição, os dois times haviam e pegado em 10 oportunidades, com sete vitórias cruzmaltinas, dois empates e uma escorregada  
  
VASCO 3 X 2 CORITIBA – Em uma quarta-feira, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro-1987, teve um dos piores públicos vascaínos no Maracanã, por tal competição: 2.058 pagantes, com a renda de  Cz$ 172 mil, 460 cruzados não dando para acompanhar as despesas da partida. O apito esteve com Romualdo Arppi Filho-SP e os gols cruzmaltinos com Romário, aos 32 minutos do primeiro tempo, e  Roberto Dinamite, aos 38 e aos 44 da etapa final.  Sebastião Lazaroni comandava a rapaziada: Acácio; Paulo Roberto, Donato, Moroni e Mazinho; Humberto, Geovani e William (Osvaldo); Mauricinho, Roberto Dinamite e Romário (Vivinho).
 
Incluir na VASCOTADA 12 de novembro: Vasco 1 x 1 Coritiba, em 1972; Vasco 2 x 2  x Ceará, em 1986; Vasco 1 x 1 Santa Cruz-PB, em 1988, e Vasco 2 x 2 Goiás, em 1998. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário