Vasco

Vasco

terça-feira, 7 de junho de 2016

VASCO DA GAMA 2 X 0 JOINVILLE-SC

Paulo Fernandes, de www.crvascodagama.com.br flagrou a cabeçada
 de Leandrão n lance do primeiro gol  
Valeu pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e representou o 34º jogo invicto do "!Almirante", aumentando a vantagem na liderança para19 pontos. O próximo compromisso será no sábado, diante do Atlético-GO, a partir das 16h30, no Estádio Kléber Andrade, no Espírito Santo.
O primeiro gol saiu aos 22 minutos. O volante William iniciou jogada, pela direita, jogou bola na área catarinense, e Leandrão testou para o fundo da rede: 1 x 0, placar do primeiro tempo. O segundo foi aos 27 minutos da etapa final. O zagueiro Luan lançou boa bola para o ataque, a zaga do Joinville falhou e Leandrão recebeu a bola livre, para manda-la para o canto esquerdo defendido pelo goleiro Oliveira: 2 x 0 e fim de papo.
 
FICHA TÉCNICA - 07.06.2016 (terça-feira) - Vasco 2 x - Joinville-SC. 8ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Renda: R$ 225.140,00. Público: 8.794 pagantes. Gols: Leandrão, aos 22 min do 1º tempo, e aos 27 do 2º tempo. VASCO: Jordi; Yago Pikachu, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, William Oliveira, Andrezinho (Diguinho) e Nenê (Éder Luís); Jorge Henrique (Evander) e Leandrão. Técnico: Jorginho Amorim. JOINVILLE: Oliveira; Everton Silva, Bruno Aguiar, Ligger e Diego; Naldo, Paulinho Dias, Carlos Alberto (Juninho) e Pereira; Cléo Silva (Murilo) e Heliardo (Fernando Viana). Técnico: Henderson Maria.

                                        MARCHA DA INVENCIBILIDADE
                  Pesquisa de Matheus Alves, de www.crvascodagama.com.br
Os 34 jogos invictos representam 24 vitórias e 9 empates, entre Campeonatos Brasileiros das Séries A e B, Estadual-RJ e Copa do Brasil –. em sete meses de bola rolando. A rapaziada já alcançou a marca de maior invencibilidade em jogos oficiais da história cruzmaltina. Está a dois jogos de ser o maior invencível da Colina. Os 34 jogos invictos rolaram entre 1952/53. O maior recorde a ser superado é de 35 partidas (1945/46), alcançado quando o "Expresso da Vitória" saia dos trilhos. Dos recordes gerais, contando amistosos e partidas oficiais,  superou marcas de times famosos. Vejamos: 
                                      19/07/1947 até 28/12/1947 - 21 jogos sem perder
Em 1947, o Vasco foi campeão carioca, invicto, formando um dos melhores times do planeta, que ficou conhecido por "Expresso da Vitória" e que conquistou, em 1948, no Chile, o primeiro título de um time brasileiro no exterior, o que nem o selecionado nacional já havia conseguido.  O time-base era: Barbosa, Augusto e Rafanelli (Wilson); Ely, Danilo e Jorge; Djalma (Nestor), Maneca, Dimas (Friaça), Lelé (Ismael) e Chico. Técnico: Flávio Costa

                                  15/11/1993 até 17/04/1994 - 23 jogos invicto
Tricampeão carioca-1992/93/94, o "Almirante" conquistou títulos internacionais e revelou jogadores de alto nível técnico, como Valdir 'Bigode', Edmundo 'Animal', Carlos Germano, Pimentel, Leandro, Yan e Gian. O time-base tinha: Carlos Germano; Pimentel, Ricardo Rocha, Alexandre Torres (Jorge Luís) e Cássio (Sidnei); Luisinho Quintanilha, Leandro, William (França) e Yan; Dener (Jardel) e Valdir. Técnico: Jair Pereira

                                 13/04/1988 até 06/08/1988 – 26 jogos invicto

Temporada em que os atacantes Sorato e Bismarck eram as grandes revelações. O Vasco ficou  bicampeão estadual, em temporada constante de quatro vitórias sobre o seu maior rival, o Flamengo. Marcou, também, a conquistas de um outro bi, o do espanhol Torneio Ramón de Carranza, com este time-base: Acácio; Paulo Roberto 'Gaúcho', Donato, Fernando Silva e Mazinho; Zé do Carmo, Geovani e Henrique; Vivinho, Romário (Sorato) e Bismarck (Roberto Dinamite). Técnico: Sebastião Lazaroni.

                                 27/09/1992 até 21/03/1993 – 32 jogos invicto

Recorde pertencente, também, ao time do tri estadual. Nas duas temporadas, a moçada carregou, ainda, os canecos do Torneio Rio-SP, da Taça Rio (bi) e da Copa Rio (bi), além de disputa na
Espanha. Time-base: Carlos Germano; Luís Carlos Winck, Jorge Luís, Alexandre Torres (Tinho) e Cássio (Eduardo); Luisinho Quintanilha, Leandro, Carlos Alberto Dias (William) e Bismarck; Edmundo e Roberto Dinamite (Valdir). Treinadores: Joel Santana e Alcir Portela

                          09/06/1949 até 14/01/1950 - 32 jogos sem perder

Em 1949, o "Expresso da Vitória" voltou a conquistar Campeonato Carioca de forma invicta. E com duas rodadas de antecedência. Time-base: Barbosa, Augusto e Sampaio (Laerte, Wilson); Ely, Danilo e Alfredo (Jorge); Nestor, Ademir, Heleno (Ipojucan), Maneca e Chico (Mário). Treinador: Flávio Costa.
Confira os 33 jogos invencíveis: Palmeiras 0 x 2 Vasco (Brasileiro-2015; Vasco 1 x 1 Corinthians (Brasileiro); Joinville 1 x 2 Vasco (Brasileiro); Vasco 1 x 0 Santos (Brasileiro); Coritiba 0 x 0 Vasco (Brasileiro-2015); Vasco 4 x 1 Madureira (Estadual-2016); América 1 x 3 Vasco (Estadual); Vasco 2 x 0 Volta Redonda (Carioca); Vasco 1 x 0 Flamengo (Carioca); Tigres 0 x 2 Vasco (Carioca); Vasco 2 x 2 Friburguense (Carioca); Vasco 1 x 1 Botafogo (Carioca); Bonsucesso 1 x 3 Vasco (Carioca); Vasco 2 x 0 Bangu (Carioca); Boavista 0 x 1 Vasco (Carioca); Vasco 1 x 0 Botafogo (Carioca); Flamengo 1 x 1 Vasco (Carioca); Vasco 1 x 1 Volta Redonda (Carioca); Vasco 1 x 0 Madureira (Carioca); Remo 0 x 1 Vasco (Copa do Brasil); Fluminense 0 x 1 Vasco (Carioca); Vasco 2 x 0 Flamengo (Carioca); Vasco 2 x 1 Remo (Copa do Brasil); Botafogo 0 x 1 Vasco (Carioca); Vasco 1 x 1 Botafogo (Carioca); CRB-AL 0 x 1 Vasco (Copa do Brasil); Sampaio Corrêa 0 x 4 Vasco (Brasileiro - Série B); Vasco 1 x 1 CRB (Copa do Brasil); Vasco 1 x 0 Tupi (Brasileiro - Série B)
Vila Nova 0 x 2 Vasco (Brasileiro - Série B); Vasco 4 x 3 Bahia (Brasileiro - Série B); Oeste 1x1 Vasco (Brasileiro - Série B); Vasco 1 x 0 Goiás (Brasileiro - Série B) e Vasco 2 x 0 Joinville.

Nenhum comentário:

Postar um comentário