Vasco

Vasco

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

O VASCO NOSSO DE CADA DIA - 21.01

Era noite de uma quinta -feira de 1965. O Vasco conquistava o título do Torneio IV Centenário do Rio de Janeiro, goleando o Flamengo, por 4 x 1, no Maracanã. Nada melhor para um início de temporada. Carregar um caneco, com goleada em cima do maior rival, era  máximo. Célio (2) e Saulzinho (2) marcaram os gols cruzmaltinos, sob as vistas de 59.814 pagantes. Armando Marques apitou e o Vasco jogou com: Ita; Joel (Massinha), Brito, Fontana (Pereira) e Barbosinha; Maranhão e Lorico; Mário Tilico, Célio, Saulzinho e Zezinho. Técnico: Zezé Moreira.
A competição contou, ainda, com a Seleção da Alemanha Oriental, batida pela “Turma da Colina”, por 3 x 2, na primeira rodada, e o Atlético de Madrid. Na foto, Célio recebe o Troféu Vicking, que valeu pelas duas vitórias.

VASCO 2 X 0 JOINVILLE-SC -  Este foi em uma quarta-feira de 1981. No Estádio Ernesto Schllemm Sobrinho, a casa do adversário. O zagueiro Orlando ajudou o "matador" Roberto Dinamite a "matar", diante de 23.823 pagantes. Roberto Njunes Morgado-SP apitou e a rapaziada de Seu Zagallo (Mário Jorge Lobo) era: Mazaropi; Rosemiro, Orlando, Ivan e João Luiz; Dudu, Zandonaide, Marco Antônio Rodrigues; Wilsinho, César e Roberto Dinamite.
 
VASCO 4 X 0 NACIONAL-AM - Se encaçapou o Flamengo, por quatro, no Rio de Janeiro, em Manaus, o encaçapado pelo mesmo tanto na data foi o Nacional, em 1996. O jogo, amistoso, rolou em um domingo, no demolido Estádio Vivaldo Lima, que viru Arena Amazônia, na capital amazonense. Firmino Alberto de Araújo apitou e Rogério, Válber, Assis e Serginho fizeram a alegria da galera vascaína manauara. O treinador vascaíno era Carlos Alberto Zanata e o time teve: Carlos Germano (Caetano); Pimentel (Bruno Carvalho), Zé Carlos (Tinho), Rogério (Alex Pinho) e Sídnei; Leandro Ávila, Juninho Pernambucano, Assis (Zinho) e Válber; Nílson e Serginho (Alessandro).

VASCO 2 X 0 JOINVILLE-SC -  Este foi em uma quarta-feira de 1981. No Estádio Ernesto Schllemm Sobrinho, a casa do adversário. O zagueiro Orlando ajudou o "matador" Roberto Dinamite a "matar", diante de 23.823 pagantes. Roberto Nunes Morgado-SP apitou e a rapaziada de Seu Zagallo (Mário Jorge Lobo) era: Mazaropi; Rosemiro, Orlando, Ivan e João Luiz; Dudu, Zandonaide, Marco Antônio Rodrigues; Wilsinho, César e Roberto Dinamite.
 



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário